SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67 número2Distribuição espacial e produção secundária de Copepoda em um reservatório tropical em Barra Bonita, SP, BrasilEcologia alimentar da Tiriba-de-cara-suja (Pyrrhura molinae) em matas secas do oeste brasileiro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984versão On-line ISSN 1678-4375

Resumo

CESAR, II.  e  ARMENDARIZ, LC.. Produção secundária de Chasmagnathus granulatus (Crustacea; Decapoda) em um sítio Ramsar da Argentina. Braz. J. Biol. [online]. 2007, vol.67, n.2, pp.235-241. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842007000200008.

Foram calculadas as primeiras estimativas da produção secundária de Chasmagnathus granulatus no Refúgio da Vida Silvestre Bahía Samborombón, Argentina (36° 16' S e 57° 06' W). As amostragens foram realizadas em nove ocasiões, entre o período de março de 2001 a fevereiro de 2003. Os caranguejos foram coletados manualmente. Variáveis físico-químicas, granulometria e teor de matéria orgânica dos sedimentos foram analisados. O caranguejos (n = 957, jovens e adultos) foram classificados em: machos, fêmeas e indiferenciados; foram mensurados (Largura da Carapaça, LC) e pesados (peso úmido e seco, PS a 60 °C, 48 horas). Uma análise de correlação entre LC vs. PS foi efetuada. O crescimento morfométrico de C. granulatus foi analisado pela aplicação da função potencial (PS = a LC b), sendo que machos, fêmeas e indivíduos com sexo não diferenciado foram analisados separadamente e em conjunto. O ajuste dos dados indicou uma alometria positiva, com os machos apresentando o maior valor. Os indivíduos foram separados em coortes por meio da conversão de curvas de normalidade de uma distribuição de freqüência polimodal. Três coortes foram encontradas durante todo o período de estudo, e duas coexistindo em cada data de amostragem. Fêmeas ovígeras foram coletadas em dezembro de 2001 e 2002 e em fevereiro de 2003. Utilizou-se o método da distribuição de freqüência de tamanho para estimar a produção anual. A maior contribuição para a produção é dada pelos indivíduos sexualmente maduros, particularmente por aqueles com tamanhos entre 25 e 30 mm. A produção anual foi estimada em 7,76 g.m-2. A biomassa, expressa em peso seco, variou entre 0,55 e 1,85 g.m-2, com maiores valores registrados no outono e na primavera, e menores valores registrados no verão.

Palavras-chave : produção secundária; caranguejo estuarino; Chasmagnathus granulatus; Bahía Samborombón.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons