SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67 issue3Benthic Bacillariophyta of the Paripe River estuary in Pernambuco state, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Biology

Print version ISSN 1519-6984On-line version ISSN 1678-4375

Abstract

KRUMME, U.; KEUTHEN, H.; SAINT-PAUL, U.  and  VILLWOCK, W.. Contribuição à ecologia alimentar do baiacu Colomesus psittacus (Tetraodontidae) em canais de maré com vegetação de mangue no norte do Brasil. Braz. J. Biol. [online]. 2007, vol.67, n.3, pp.383-392. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842007000300002.

Conteúdos estomacais de 102 baiacus Colomesus psittacus (Tetraodontidae) foram examinados. A amostragem foi realizada em canais de maré com vegetação de mangue, durante as marés de quadratura de dia, entre junho e setembro de 1997 (no início do período seco), nas proximidades de Bragança (norte do Brasil). O estudo constatou que C. psittacus era um predador especializado em Cirripedia (Balanus spp.) e Brachyura (Uca spp., Pachygrapsus gracilis), com médias de 58 e 38% em peso seco, respectivamente, caracterizando uma curta cadeia alimentar no sistema de manguezal. Cirripedia e Brachyura dominaram a dieta em todos os tamanhos, entretanto, o espectro alimentar diminuiu de acordo com o tamanho do peixe. O consumo diário médio de Cirripedia e Brachyura foi de 6,2% em peso corporal de C. psittacus. C. psittacus consumiu uma média de 100,3 g.ha-1.d-1 de Cirripedia e 178,7 g.ha-1.d-1 de Brachyura (peso úmido). A intensa predação de Brachyura por C. psittacus enfatiza a importante função ecológica desta espécie na cadeia alimentar do manguezal, contribuindo significativamente no fluxo de matéria orgânica. Uma interação planta-animal é indicada no fato que C. psittacus exerce uma função limpadora mutuamente beneficiável ao se alimentar do Aufwuchs (Cirripedia e epibiota asociada) que cresce nas raízes aéreas de Rhizophora mangle. Nossos resultados e os de outros estudos sugerem que C. psittacus encontra no manguezal as melhores condições para se alimentar no período diurno durante as maiores inundações (marés de sizigia - de dia), enquanto que períodos noturnos e de pequenas inundações determinam as piores condições para forragear (maré de quadratura - de noite). C. psittacus poderia ser usado como alternativa de renda na região com respeito a: i) pesca sustentável e processamento de filés para exportação ao leste da Ásia, ii) desenvolvimento de métodos de aqüicultura certificada para a criação de baiacu para o comércio de peixes ornamentais.

Keywords : Brachyura; Cirripedia; dieta de peixes; ontogenia; interação planta-animal.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License