SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67 número4Acúmulo dietário de cádmio em tecidos de um teleósteo Amazônico (Tambaqui, Colossoma macropomum)Flutuações diurnas do carbono orgânico em um canal de maré na Baía de Sepetiba, SE Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984versão On-line ISSN 1678-4375

Resumo

CARVALHO, AR.. Abordagem ecológico-econômica para estimar o valor do fragmento de uma planície de inundação no Brasil (Estado do Mato Grosso do Sul). Braz. J. Biol. [online]. 2007, vol.67, n.4, pp.663-671. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842007000400011.

A planície de inundação do Alto Rio Paraná é o último trecho de um ecossistema seriamente ameaçado, visto que 50% deste ambiente foi convertido em reservatórios. Para estimar o valor agregado pela recreação à planície, foram usados o Método de Valoração Contingente (Disposição à paga - DAP) e o Método do Custo de Viagem - CV pela entrevista de 174 turistas. A disposição a pagar anual agregada pelos turistas foi US$ 122,50 milhões, 'considerar-se um usuário dos recursos da planície' e 'estado civil' são as variáveis que determinam a decisão em pagar pela planície. Se o turista solteiro se considera um consumidor dos recursos da planície, a DAP aumenta por um fator multiplicativo de 38,8. O valor agregado pelo CV foi US$ 234 milhões e diminui por zona com o aumento da distância. Maior renda e viagens mais longas também aumentam o custo de viagem que, no entanto, é inversamente relacionado à freqüência anual de viagens. O valor recreativo total (356.5 milhões por ano) é alto e representativo por se tratar de um ambiente fragmentado por barragens e com muitos efeitos antropogênicos. Assim, as progressivas alterações na paisagem são uma ameaça ao turismo local, pois a metade dos visitantes entrevistados declarou ser atraída somente pela beleza cênica, sobrepujando outros bens e serviços naturais considerados importantes por gestores e administradores públicos, como a pesca recreativa e o passeio de barco.

Palavras-chave : valor recreativo; disposição a pagar; método do custo de viagem; planície de inundação do alto rio Paraná.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons