SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67 número4Dispositivo de amostragem para o estudo de diatomáceas epilíticasPadrões de investimento da estratégia reprodutiva de duas espécies de Characidae de riacho índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984versão On-line ISSN 1678-4375

Resumo

ANDRADE, PM.; SANTOS, FAM.  e  MARTINS, FR.. Estrutura de tamanho e fertilidade em uma população de Eriocnema fulva Naudin (Melastomataceae) no sudeste do Brasil. Braz. J. Biol. [online]. 2007, vol.67, n.4, pp.685-693. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842007000400014.

Eriocnema fulva é endêmica no estado de Minas Gerais e é ameaçada de extinção. Este estudo foi realizado na Mata do Jambreiro (19° 58' -59' S e 43° 52'-55' W, 800-1100 m de altitude) Com o objetivo de descrever a estrutura de tamanho da população e suas relações com a fertilidade dos indivíduos, foram instaladas 15 parcelas contíguas de 1 x 1m. Marcamos, contamos e medimos um total de 260 indivíduos em 1997, 1998 e 1999. Os indivíduos jovens com o comprimento do limbo < 3,4 cm somaram 33% do total amostrado, mostrando que a população estava reproduzindo-se no local. O número de folhas variou significativamente entre os anos, com diferenças de crescimento só detectadas após dois anos de medições. O comprimento do caule foi a variável que melhor mostrou a variação de tamanho na população. O comprimento da lâmina da maior folha foi a melhor expressão da fase de desenvolvimento da planta, e o número de folhas auxiliou na avaliação da alteração do tamanho ao longo do tempo. A probabilidade de indivíduos com limbos foliares > 10 cm não se reproduzirem foi de 2,69%. A maior probabilidade de sobrevivência dos indivíduos de maior tamanho confirmou a forte correlação entre tamanho e sobrevivência. Os dados mostraram que o tamanho é importante para a fertilidade de Eriocnema fulva e pode ser relevante para análises de probabilidade de sobrevivência da espécie. A competição intra-específica, indicada pela correlação negativa entre a produção de frutos por unidade de tamanho e a densidade, pode influir na fertilidade, pois plantas maiores apresentaram maior produção de frutos.

Palavras-chave : tamanho; fertilidade; população de plantas; competição intra-específica.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons