SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67 número4Comportamento agonístico e reprodutivo nos machos de híbrido vermelho de tilápia, Oreochromis niloticus (Linnaeus, 1758) x O. mossambicus (Peters, 1852) (Osteichthyes: Cichlidae)Polinização e sistema reprodutivo de Couepia uiti (Chrysobalanaceae, no Pantanal da Nhecolândia) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984versão On-line ISSN 1678-4375

Resumo

DE CONTO, V  e  CERQUEIRA, R. Reprodução, desenvolvimento e crescimento de Akodon lindberghi (Hershkovitz) (Rodentia, Muridae, Sigmodontinae) em cativeiro. Braz. J. Biol. [online]. 2007, vol.67, n.4, pp.707-713. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842007000400017.

A reprodução, o crescimento e o desenvolvimento de Akodon lindberghi foram estudados em cativeiro. A colônia foi derivada de animais capturados em Simão Pereira, Minas Gerais, Brasil, localidade que representa uma nova área de distribuição geográfica conhecida para esta espécie. Doze machos e doze fêmeas foram acasalados, produzindo 144 filhotes em 53 ninhadas. Observou-se estro pós-parto e o período de gestação foi estimado em 23 dias. O tamanho médio da ninhada foi de 2,72 (SD = 0,97, n = 53), com amplitude de 1 a 4 e moda de 3 filhotes. Não houve dimorfismo sexual do peso dos filhotes ao nascimento e ao desmame. O tamanho da ninhada foi negativamente correlacionado com o peso ao nascimento e ao desmame. A emergência da aparência externa adulta (pêlos, dentes e olhos e orelhas abertos) ocorreu aos 15 dias. A puberdade em machos e fêmeas ocorreu aos 43 e 42 dias, respectivamente, e a primeira fecundação para duas fêmeas, aos 47 e 54 dias. O crescimento do peso foi descrito através do modelo de Gompertz. Não houve diferença significativa entre machos e fêmeas em nenhum parâmetro das curvas de crescimento, bem como nas medidas corporais (cabeça-corpo, cauda, pé posterior, e orelhas interna e externa) obtidas para animais adultos.

Palavras-chave : biologia reprodutiva; características bionômicas; curva de crescimento de Gompertz; longevidade; morfometria.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons