SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 número4Combinando múltiplos modelos para predizer a distribuição geográfica do Barueiro (Dipteryx alata Vogel) no Cerrado brasileiroPotencialidade de Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorokin (Ascomycetes, Hypocreales) no controle de Bonagota salubricola (Meyrick) (Lepidoptera, Tortricidae) e sua compatibilidade com inseticidas químicos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984

Resumo

BERE, T.  e  TUNDISI, JG.. Epipsammic diatomáceas em riachos influenciada pela poluição urbana, São Carlos-SP, Brasil. Braz. J. Biol. [online]. 2010, vol.70, n.4, pp. 920-930. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842010000500002.

Diatomáceas epipsâmicas têm implicações importantes para os processos em ecossistemas em ambientes lóticos. A maioria dos estudos sobre diatomáceas bentônicas concentra-se em diatomáceas epilíticas e muito pouco se sabe sobre diatomáceas epipsâmicas. O objetivo deste estudo foi avaliar comunidades de diatomáceas epipsâmicas nos córregos em relação às condições ambientais. Amostragens de diatomáceas epipsâmicas e de água para determinação da qualidade foram feitas em sete locais durante o verão do ano de 2008. As análises de regressão múltipla passo a passo e análise de correspondência canônica (CCA) foram usadas para determinar quais espécies ao longo dos gradientes ambientais variam de acordo com as variáveis físicas e químicas da água. Um total de 112 espécies de diatomáceas distribuídas entre 44 gêneros foi registrado. A altitude e o processo de eutrofização exerceram um papel significativo na estruturação das comunidades de diatomáceas na região de estudo.

Palavras-chave : comunidades de diatomáceas; poluição; gradientes ambientais; monitoramento biológico.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês