SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.71 número4Avaliação da qualidade ambiental através da análise da frequência da doença dos pontos pretos em assembléias de peixes, Lago Guaíba, RS, BrasilAvaliação ecológica rápida de indicadores bentônicos de qualidade de água: uma experiência de sucesso na formação de pós-graduandos em ecologia no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984

Resumo

BENTES, BS. et al. Distribuição espacial do camarão-da-amazônia - Macrobrachium Amazonicum (Heller, 1862) (Decapoda, Caridea, Palaemonidae) em dois canais perenes de um estuário da costa norte do Brasil (Baía do Guajará - Belém, Pará, Brasil). Braz. J. Biol. [online]. 2011, vol.71, n.4, pp.925-935. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842011000500013.

Macrobrachium amazonicum é o crustáceo dulcícola mais frequentemente consumido pelas populações ribeirinhas da Amazônia. Entretanto, apesar de sua relativa abundância e vasto conhecimento da espécie a partir de dados de cultivo, pouco se conhece sobre sua biologia no ambiente natural, especialmente quanto à forma de utilização de canais fortemente influenciados pelas marés. Amostras desse camarão foram coletadas em setembro/06 (período seco) e março/07 (período chuvoso), em dois canais perenes da Baía do Guajará, Pará, utilizando armadilhas (matapis) como as utilizadas pelos pescadores locais para identificar a distribuição espacial dos organismos. Os canais de maré são utilizados por camarões de todos os tamanhos nas duas estações do ano, inclusive para a reprodução. A maior abundância de indivíduos da espécie foi encontrada no período seco, nas áreas a montante dos canais . Postula-se que a abundante matéria orgânica alóctone e a busca de locais protegidos podem ser os fatores que explicam a concentração da abundância e da atividade reprodutiva nas áreas a montante dos canais.

Palavras-chave : canais de maré; Macrobrachium; camarão-da-amazônia; estuário.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons