SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.72 número4Natural enemies associated to aphids in peach orchards in Araucária, Paraná, BrazilPhenology and frugivory by birds on Miconia ligustroides (MELASTOMATACEAE) in a fragment of cerrado, southeastern Brazil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Biology

versión impresa ISSN 1519-6984

Resumen

TONETTO, AF.; PERES, CK.  y  BRANCO, CCZ.. Um novo método para quantificar macroalgas e um prático amostrador para experimentação em ecossistemas lóticos. Braz. J. Biol. [online]. 2012, vol.72, n.4, pp.853-857. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842012000500011.

Os estudos experimentais em rios e riachos são extremamente difíceis de serem executados, visto que as condições desses ambientes são muito complexas e proporcionam um alto nível de heterogeneidade, o que dificulta o controle e a padronização precisa das variáveis. Nesse contexto, um prático amostrador foi desenvolvido para facilitar a execução de projetos de pesquisas envolvendo comunidades bentônicas de ambientes lóticos, além de constituir uma nova técnica não destrutiva para quantificação das macroalgas tipicamente encontradas nesses habitats. O amostrador consiste de um tubo de acrílico de seção quadrada, pelo qual a água corrente flui normalmente em seu interior. Tal estrutura porta uma placa de vidro removível com área conhecida e permite simular diversas situações ecológicas, variando tanto as condições abióticas como as bióticas, além de amenizar as diferenças entre as características ambientais a que está submetido cada um dos amostradores. Diversamente, a nova técnica consiste na captura de imagens digitais que permitem o acompanhamento temporal de uma mesma comunidade de macroalgas em desenvolvimento e uma quantificação mais precisa quando comparada com técnicas amplamente aplicadas na área. O amostrador é fácil de construir e as imagens são simples para quantificar, permitindo a detecção de variações espaço-temporais na riqueza e abundância das comunidades investigadas.

Palabras clave : substratos artificiais; método de amostragem; macroalgas de riachos; limnologia.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons