SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.75 número1Effect of low salinity on the yellow clam Mesodesma mactroides índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Biology

versión impresa ISSN 1519-6984

Resumen

ROSA, BFJV.; MARTINS, RT.  y  ALVES, RG.. Distribuição de oligoquetas em um riacho da Mata Atlântica, Sudeste do Brasil. Braz. J. Biol. [online]. 2015, vol.75, n.1, pp.1-7. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/1519-6984.02313.

Os oligoquetos são considerados bons indicadores de condições ecológicas e de tipos específicos de habitats. Entre os principais fatores que influenciam a distribuição desses invertebrados estão o fluxo da água e a natureza do substrato. O objetivo principal desse estudo foi descrever a composição e distribuição de espécies de oligoquetas de um riacho de primeira ordem da Mata Atlântica e identificar espécies que são características de tipos específicos de habitats. Na estação seca e na estação chuvosa, amostras de areia e folhiço de duas corredeiras e dois remansos foram coletadas em diferentes manchas ao longo de um trecho do riacho usando rede de mão. A maior abundância e riqueza observada ocorreram em areia de remanso. Entretanto, a análise de rarefação mostrou que a maior riqueza estimada foi obtida em folhiço de remanso. A análise de Kruskal-Wallis mostrou o efeito dos diferentes tipos de mesohabitats sobre a abundância e riqueza de oligoquetas. A análise de Escalonamento Multidimensional não- Métrico (NMDS) e a análise de Procedimento de permutação mulitirespostas (MRPP) indicaram que a variação na composição da fauna teve relação com os diferentes tipos de substratos. A análise de espécies indicadoras mostrou que L. hoffmeisteri foi indicadora tanto de areia de corredeira como de remanso e P. americana foi indicadora somente de areia de remanso. O alto conteúdo de material orgânico em ambos habitats arenosos provavelmente favoreceu a maior abundância de oligoquetos. Os resultados mostraram que o substrato constitui um importante fator para a distribuição local desses invertebrados em riachos. A variação da estrutura da comunidade entre os mesohabitats e a presença de espécies indicadoras de tipos específicos de habitats demonstrou a importância da heterogeneidade ambiental para a riqueza e distribuição de oligoquetos em riachos florestados.

Palabras clave : espécies indicadoras; folhiço; areia; região tropical.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )