SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.75 número1Effect of low salinity on the yellow clam Mesodesma mactroidesShort-term thermal stratification and partial overturning events in a warm polymictic reservoir: effects on distribution of phytoplankton community índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Biology

versión impresa ISSN 1519-6984

Resumen

SANTOS-PEREIRA, M. et al. Viver no mesmo ambiente significa comer o mesmo alimento? Dieta e nicho trófico dos anuros simpátricos de folhiço Ischnocnema henselii e Adenomera marmorata em uma floresta do sul do Brasil. Braz. J. Biol. [online]. 2015, vol.75, n.1, pp.13-18. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/1519-6984.04913.

Neste estudo analisamos a composição da dieta e a amplitude e sobreposição do nicho trófico dos anuros de folhiço Ischnocnema henselii e Adenomera marmorata. Os anuros foram coletados em uma área de Mata Atlântica na Reserva Natural Salto Morato, no Estado do Paraná, Sul do Brasil, utilizando o método de parcelas de 16 m2 estabelecidas no chão da floresta. Ischnocnema henselii consumiu 18 diferentes tipos de presa e a dieta desta espécie foi composta predominantemente por Hymenoptera (Formicidae) (15,4%), Araneae (13,83%), Orthoptera (6,15%) e Opiliones (6,15%), enquanto Adenomera marmorata consumiu 15 diferentes tipos de presas e sua dieta foi composta principalmente por Hymenoptera (Formicidae) (45,7%), Acari (31,8%) e Blattodea (14,8%). A amplitude de nicho de I. henselii foi BA = 0,43 e de A.marmorata foi BA = 0,19. A dieta das duas espécies de anuros simpátricos do folhiço por nós estudadas foi composta basicamente de artrópodes e a sobreposição de nicho trófico entre elas não diferiu do esperado para ocorrer ao acaso. As diferenças no consumo de presas potencialmente devem facilitar a coexistência desses dois anuros simpátricos no chão da floresta. Possivelmente, esta diferença no consumo de presas em parte reflete diferenças na largura da mandíbula, no tamanho do corpo e no período de atividade dessas duas espécies.

Palabras clave : Anura; sintopia; coexistência de espécies; Mata Atlântica.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )