SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.75 número1A new species of gall midge associated with Diplopterys pubipetala (A.Juss.) Anderson and Davis (Malpighiaceae) from Altinópolis, São Paulo, BrazilStriped-tailed Yellow-finch nesting success in abandoned mining pits from central Brazilian cerrado índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Biology

versión impresa ISSN 1519-6984

Resumen

RIVERA-USME, JJ et al. Biomassa de macroinvertebrados e características físicas e químicas da água em um pantanal urbano dos Andes na Colômbia. Braz. J. Biol. [online]. 2015, vol.75, n.1, pp.180-190. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/1519-6984.10613.

Macroinvertebrados aquáticos (MIA) desempenham um importante papel na ecologia das zonas úmidas, quer pelo seu emprego como reguladores dos ciclos da matéria, como para a sua função de armazenamento de energia representada na sua biomassa, que é transferido para elevados níveis tróficos. Para responder à questão de como a biomassa de diferentes categorias tróficas de MIA está relacionada com as variáveis físicas e químicas da água do pantanal Jaboque (Bogotá, Colômbia), quatro amostragens foram realizadas entre abril de 2009 e janeiro de 2010, de acordo com os períodos de chuva e seca na região. Os valores de biomassa de MIA obtidos foram classificados como de grau intermediário. Nós não encontramos nenhuma diferença significativa no tempo, mas foram observadas diferenças espaciais. Aparentemente, estas diferenças parecem estar associadas com as variações espaciais na pressão antrópica, que difere em cada região do pantanal. Nos meses de menor precipitação (janeiro e agosto), a biomassa foi maior e dominado por detritívoros. Observou-se uma relação positiva entre a condutividade específica da água ena biomassa de predadores e detritívoros e entre a temperatura da água e a biomassa de detritívoros e trituradores. Estas relações sugerem que as variáveis físicas e químicas influenciam a distribuição, abundância e biomassa de grupos funcionais. As condições físicas e químicas da água tiveram flutuações espaço-temporais relacionadas com alterações na concentração de matéria orgânica e nutrientes, que foram presumivelmente relacionadas com a descarga do efluente e o elevado impacto das populações humanas locais.

Palabras clave : biomassa; macroinvertebrados aquáticos; áreas úmidas urbanas; Jaboque; Andes.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )