SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.76 número1Estimating the opportunity costs of environmental conservation in the Feijão River watershed (São Carlos-SP, Brazil)The influence of microhabitat on the population dynamics of four herbaceous species in a semiarid area of northeastern Brazil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Biology

versión impresa ISSN 1519-6984versión On-line ISSN 1678-4375

Resumen

MACHADO, V. S.; VOLKMER-RIBEIRO, C.  y  IANNUZZI, R.. Investigação de depósito de espículas de esponjas de água doce em um lago cárstico no Brasil. Braz. J. Biol. [online]. 2016, vol.76, n.1, pp.36-44.  Epub 22-Ene-2016. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/1519-6984.09814.

As condições ambientais que contribuíram para a formação de notórios depósitos quaternários de espículas de esponjas de água doce em ambientes cársticos no Brasil têm sido objeto de algumas especulações. Nenhuma investigação foi ainda realizada para testar se esses depósitos originam-se atualmente em lagos cársticos. Para prover tal investigação, a Lagoa Serra Negra, formada em um domo ultramáfico-alcalino-carbonatítico, no centro oeste do Brasil, próximo à área de ocorrência dos referidos paleo-depósitos, foi selecionada para o estudo. Sedimentos de fundo foram amostrados em 10 estações ao longo do lago, e a água foi coletada em cinco das estações, em junho/2011 (estação chuvosa) e outubro/2011 (estação seca). Análises de granulometria, matéria orgânica e presença de espículas foram realizadas nos sedimentos. A água do lago foi analisada para as principais características físicas e químicas. O depósito de espículas foi restrito à área norte do lago, que é rico em macrófitas. A análise taxonômica das espículas indicou a contribuição de cinco espécies de esponjas, Dosilia pydanieli, Metania spinata, Radiospongilla amazonensis, Trochospongilla variabilis e Heterorotula fistula, que formaram grandes depósitos em áreas vizinhas. A alta concentração de sílica, derivada das rochas vulcânicas do domo, o nível constante da água e a disponibilidade de substrato são creditadas à produção contínua de esponjas e espículas, confirmada pela presença rara de gemoscleras. O lago é classificado como uma turfeira do tipo fen, minerotrófica, com forte contribuição dos arroios circundantes. Os sedimentos da lagoa são finos, com altos níveis de matéria orgânica e formação de turfa, o que contribuiu para a captura das espículas nos sedimentos.

Palabras clave : espículas de esponjas continentais; sedimentos de fundo; turfeiras; Bioma Cerrado.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )