SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.77 número4Reproductive biology of endemic Solanum melissarum Bohs (Solanaceae) and updating of its current geographic distribution as the basis for its conservation in the Brazilian CerradoEffects of soil and space on the woody species composition and vegetation structure of three Cerrado phytophysiognomies in the Cerrado-Amazon transition índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Biology

versión impresa ISSN 1519-6984versión On-line ISSN 1678-4375

Resumen

SILVA-JUNIOR, E. F.; SILVA-ARAUJO, M.  y  MOULTON, T. P.. Distribuição e abundância de decápodes de água doce e sua associação com variáveis ambientais em uma bacia hidrográfica de Mata Atlântica que será represada. Braz. J. Biol. [online]. 2017, vol.77, n.4, pp.820-829.  Epub 13-Mar-2017. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/1519-6984.01916.

Variações nas características físicas de um rio ao longo do seu curso influenciam a disponibilidade de habitas e dessa forma a distribuição de espécies. O conhecimento sobre a ecologia e diversidade de espécies lóticas é importante para avaliar como esses ecossistemas responderão a impactos ambientais. Decápodes de água doce são um grupo de grande importância ecológica e econômica, contudo o conhecimento sobre fatores influenciando sua distribuição ainda é escasso no Brasil. Nós realizamos um levantamento de decápodes para descrever sua abundância e distribuição, bem como estudar sua relação com características físicas dos rios, especialmente sua associação com tipos diferentes de substrato. Nós estudamos 23 localidades distribuídas em 15 rios tributários do Rio Guapiaçú, RJ, onde coletamos decápodas em diferentes tipos de substratos e medimos um conjunto de variáveis físicas. Nós encontramos cinco espécies de decápodas incluindo camarões anfídromos e não anfídromos e caranguejos. Esses organismos foram fortemente associados a substratos de folhiço alóctone e sua abundância foi relacionada com um eixo PCA que descreve as mudanças nas características físicas longo do curso do rio. Nós concluímos que os decápodas que ocorrem na bacia do Rio Guapiaçú habitam principalmente pequenos córregos com mata ciliar preservada, onde podem encontrar abrigo e um potencial campo de caça onde predam invertebrados. O projeto atualmente em curso para a construção de uma represa no Rio Guapiaçú irá afetar negativamente a fauna de camarões anfídromos, assim nós recomendamos fortemente que ações mitigadoras, como a construção de estruturas para permitir a passagem da fauna migrante sejam tomadas.

Palabras clave : camarões; fatores ambientais; folhiço; rios tropicais; represamento.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )