SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.79 número1Enhanced shoot investment makes invasive plants exhibit growth advantages in high nitrogen conditionsImpact of phosphate solubilizing bacteria on wheat (Triticum aestivum ) in the presence of pesticides índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Biology

versión impresa ISSN 1519-6984versión On-line ISSN 1678-4375

Resumen

REIS, D. F. et al. Preferência alimentar do fragmentador Phylloicus sp. por folhas de Chrysophyllum oliviforme e Miconia chartacea após condicionadas em riachos de dois biomas. Braz. J. Biol. [online]. 2019, vol.79, n.1, pp.22-28.  Epub 23-Abr-2018. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/1519-6984.170644.

Macroinvertebrados fragmentadores consomem folhas preferencialmente condicionadas por fungos e bactérias que lhes oferece uma maior palatabilidade. Nas espécies do cerrado esse condicionamento está também associado às altas concentrações de elementos químicos limitantes à palatabilidade como alto teor de lignina e celulose, que tornam as folhas menos atrativas para os fragmentadores. O trabalho teve como objetivo avaliar a preferência alimentar de macroinvertebrados fragmentador ( Phylloicus sp.) por material vegetal de dois diferentes biomas (Cerrado e Mata Atlântica), após condicionamento em riacho de Mata Atlântica, observando suas características físicas e químicas. Foram coletadas folhas senescentes do aporte vegetal (AV) de espécies nativas da vegetação ripária nesses dois biomas, com periodicidade mensal em um trecho de 500 m de um córrego em cada bioma. O experimento foi delineado com dois tratamentos. O primeiro (T1) compreendeu discos de folhas do Cerrado (Chrysophyllum oliviforme) mais discos de folhas da Mata Atlântica (Miconia chartacea) que foram condicionadas em córrego de Mata Atlântica. O segundo tratamento (T2) envolveu discos de folhas da Mata Atlântica condicionadas em córrego da Mata Atlântica mais discos de folhas da Mata Atlântica condicionadas em córrego do Cerrado. Os dois testes apontaram diferenças significativas entre os dois tratamentos (T1 e T2). Para T1 houve consumo de discos de folha de M. chartacea por Phylloicus sp, mas não houve consumo dos discos de C. oliviforme , de Cerrado. Para T2, houve o consumo, porém a preferência pelas folhas de M. chartaceae condicionadas no córrego da Mata Atlantica foi consideravelmete maior. Os resultados apontam que Phylloicus sp, apresentou preferência alimentar pelo detrito de bioma de Mata Atlântica e rejeição pelo detrito do bioma Cerrado.

Palabras clave : macroinvertebrados aquáticos; detritos vegetais; Mata Atlântica; Cerrado.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )