SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.79 número1Development and reprotuction of Spodoptera eridania on natural hosts and artificial dietRaillietiella mottae (Pentastomida: Raillietiellidae) infecting Ameiva ameiva (Squamata: Teiidae) in Araripe Plateau, Northeast Brazil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Biology

versión impresa ISSN 1519-6984versión On-line ISSN 1678-4375

Resumen

PIO, I. D. S. L. et al. Conhecimento tradicional e usos de plantas medicinais por habitantes das ilhas do rio São Francisco, Brasil e análise preliminar de Rhaphiodon echinus (Lamiaceae). Braz. J. Biol. [online]. 2019, vol.79, n.1, pp.87-99.  Epub 19-Abr-2018. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/1519-6984.177447.

Objetivou-se realizar um levantamento etnobotânico de plantas medicinais utilizadas nas ilhas do Massangano, Jatobá II e Rodeadouro, localizadas entre Petrolina-PE e Juazeiro-BA, no submédio do rio São Francisco e posterior investigação fitoquímica e farmacológica da espécie mais citada, conforme a indicação da comunidade. Realizaram-se visitas de observação nas ilhas e os dados etnobotânicos foram coletados por entrevistas semiestruturadas com 12 informantes-chave. Calculou-se a Importância Relativa (IR), a Porcentagem Corrigida de Concordância quanto ao Uso Principal (CUPc) e o Valor de Uso (VU). Utilizaram-se as partes aéreas da espécie mais citada para obtenção do extrato etanólico bruto (EEB-Re), suas frações hexânica (HEX-Re), clorofórmica (CLO-Re) e acetato de etila (AE-Re); o produto liofilizado (LIO-Re) e o óleo essencial (OE-Re). A técnica de microdiluição foi usada para determinar a Concentração Inibitória Mínima (CIM) para microorganismos selecionados. A atividade espasmolítica foi avaliada em fragmentos isolados de útero de ratas Wistar pré-contraídos com KCl 60 mM. Foram relatadas 34 espécies, contidas em 22 famílias diferentes. A maioria das plantas era cultivada pelos moradores. Registraram-se 51 enfermidades diferentes, mas a principal indicação foi doenças parasitárias e infecciosas. A espécie Rhaphiodon echinus (Ness & Mart.) Schauer foi a mais citada, com principal indicação para tratar infecção do trato urinário e dismenorreia. O screening fitoquímico revelou prevalência de flavonoides, taninos, lignanas e saponinas em LIO-Re e AE-Re e compostos terpênicos em HEX-Re e CLO-Re. Os testes antibacterianos mostraram que AE-Re é mais atuante contra E. coli e S. aureus do que para P. aeruginosa. O EEB-Re tem efeito parcial contra bactérias gram-negativas e OE-Re possui moderada resposta para todos microorganismos testados. LIO-Re, EEB-Re e HEX-Re possuem atividade espasmolítica dependente da concentração, sem diferença significativa e sem relaxamento total. Este trabalho trouxe conhecimento sobre o uso de plantas medicinais pelos ribeirinhos do rio São Francisco e revela a importância de estudos mais aprofundados para a comprovação científica do uso popular da R. echinus.

Palabras clave : etnobotânica; medicina tradicional; etnofarmacologia; conhecimento tradicional.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )