SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue3Intake and digestibility of nutrients in sheep fed fodder salt of faveleira (“Cnidoscolus phyllacanthus”)Productive performance and parasitological control of kids supplemented with umbu fruits (Spondias tuberosa Arruda) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal

On-line version ISSN 1519-9940

Abstract

TORREZAN, Thais Manzoni et al. Desempenho de bezerros leiteiros recebendo probiótico contendo Bacillus subtilis e Bacillus licheniformis. Rev. bras. saúde prod. anim. [online]. 2016, vol.17, n.3, pp.508-519. ISSN 1519-9940.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-99402016000300016.

Foram utilizados 24 bezerros que receberam 4L/dia de sucedâneo, além de livre acesso a água e concentrado até a 8a semana. Os animais foram distribuídos em delineamento de blocos casualizados, em dois tratamentos: 1) Controle: sem a suplementação de probiótico; 2) Suplementação de 2g/d de Bacillus subtilis e Bacillus licheniformis via sucedâneo lácteo. Semanalmente os animais foram pesados e foram aferidas as medidas corporais; também foram realizadas colheitas de sangue para determinação de glicose, proteína total, ureia e albumina, além de hematócrito. Foram colhidas amostras de fezes semanalmente para contagem de bactérias ácido láticas e enterobactérias e determinação de pH fecal. O peso corporal, o ganho de peso médio diário e as medidas corporais não foram alteradas pela suplementação; muito embora tenham apresentado efeito significativo de idade dos animais. O escore fecal, pH fecal e consumo de concentrado diário também não foram afetados pela suplementação. No entanto, o consumo de concentrado e o pH fecal sofreram influência da idade em resposta ao crescimento natural dos bezerros. A contagem de bactérias ácido láticas foi maior em número do que a contagem de enterobactérias durante todo o período. Apenas as enterobactérias sofreram efeito da idade, enquanto as bactérias ácido láticas permaneceram variando, porém dentro de um padrão constante. Os parâmetros sanguíneos também não foram afetados pela suplementação com probiótico mas todos, com a exceção da albumina, tiveram influência da idade. A suplementação com o probiótico não apresentou benefícios no desempenho ou no metabolismo de bezerros leiteiros, também não reduziu a ocorrência de casos de diarreia.

Keywords : diarreia; microrganismo intestinais; pH fecal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )