SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue1Gall midges (Diptera, Cecidomyiidae) associated with Aldina heterophylla Spr. ex Benth. (Fabaceae) from BrazilKnowledge and faunal game uses by indigenous hunters "Tupinambá from Olivença" (Bahia) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Biota Neotropica

On-line version ISSN 1676-0603

Abstract

BERNARDE, Paulo Sérgio  and  ABE, Augusto Shinya. Hábitos alimentares de serpentes em Espigão do Oeste, Rondônia, Brasil. Biota Neotrop. [online]. 2010, vol.10, n.1, pp. 167-173. ISSN 1676-0603.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-06032010000100017.

O presente estudo teve como objetivo estudar os hábitos alimentares das serpentes em Espigão do Oeste, Rondônia (Sudoeste da Amazônia), Brasil. As serpentes foram registradas através de procura limitada por tempo, armadilhas de interceptação e queda, coleta por terceiros e encontros ocasionais. As serpentes coletadas tiveram o conteúdo estomacal e intestinal examinados. Em 89 espécimes pertencentes a 31 espécies de serpentes foram registradas informações sobre alimentação. Dos 114 itens registrados (conteúdos estomacais e observações na natureza), a maioria foi de anuros (38%), seguidos de mamíferos (16%), lagartos (15%), moluscos (13%), aves (5%) e serpentes (5%). A maioria das espécies de serpentes de Espigão do Oeste preda lagartos, assim como na Amazônia Central (Manaus). Uma menor proporção de serpentes na Amazônia utiliza anuros em relação às regiões do Pantanal, sul e sudeste do Brasil. Essas diferenças podem ser devidas à maior proporção de Xenodontinae nas comunidades extra-amazônicas, uma vez que muitas das serpentes desse clado predam anuros. A maioria dos anfíbios anuros e lagartos encontrados nos conteúdos estomacais das serpentes apresentam hábitos terrícolas, o que deve estar associado com a maioria das espécies de serpentes (52%) forragearem sobre o chão.

Keywords : Reptilia; Squamata; presas; dieta; Amazônia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese