SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue2Benthic macrofauna from Areia Vermelha Marine State Park, Cabedelo, Paraíba, BrazilReproduction of piranha Serrasalmus spilopleura Kner, 1858, on the floodplain lakes, Amazon, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Biota Neotropica

On-line version ISSN 1676-0603

Abstract

CETRA, Maurício; RONDINELI, Giulianna Rodrigues  and  SOUZA, Ursulla Pereira. Compartilhamento de recursos por duas espécies de peixes nectobentônicas de riachos na bacia do rio Cachoeira (BA). Biota Neotrop. [online]. 2011, vol.11, n.2, pp. 87-95. ISSN 1676-0603.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-06032011000200010.

O presente estudo teve como objetivo buscar particularidades e aspectos em comum relacionados com as condições ambientais de ocorrência e recursos alimentares utilizados por Trichomycterus bahianus e Characidium  aff. zebra, duas espécies típicas de riachos coletadas durante o período chuvoso na bacia do rio Cachoeira, sudeste da Bahia, uma região da Mata Atlântica, utilizando-se um equipamento de pesca elétrica em oito trechos de riachos de cabeceira. Foi verificada a correlação entre os dados ambientais e a abundância das espécies, através de uma análise de componentes principais. Para os itens alimentares verificou-se a amplitude da dieta, a sobreposição de nicho e a existência de diferenças na exploração dos recursos alimentares. Além disso, testou-se a existência de diferenças na composição e no grau de preferência alimentar em diferentes estágios de desenvolvimento. Foram coletados 55 exemplares de C. zebra e 124 de T. bahianus. Verificou-se que a abundância das duas espécies está relacionada com o gradiente gramínea-rocha na margem e areia-matacão no fundo. Pode-se afirmar que independente da espécie, as fêmeas foram maiores e mais pesadas que os machos (p < 0,001). A proporção sexual de C. zebra diferiu do esperado (Χ2 = 4,091; gl = 1; p = 0,043). As duas espécies foram classificadas como invertívoras, consumindo principalmente formas imaturas de insetos aquáticos. Não houve diferença significativa no número de itens consumidos pelas espécies. A sobreposição alimentar foi elevada (Oj,k  = 0,895), porém, as espécies apresentaram diferença significativa na exploração dos recursos alimentares (p < 0,001). Observou-se também que, apesar da alta sobreposição alimentar, as espécies exploraram praticamente os mesmos recursos, porém, com estratégias distintas. Isto foi evidenciado quando se levou em consideração os diferentes estágios de desenvolvimento, mostrando que a dieta de C. zebra é mais generalista que a de T. bahianus. Provavelmente o compartilhamento de recursos abundantes e as diferenças na ocupação de micro-hábitats e nas estratégias de vida de C. zebra e T. bahianus, permita a coexistência das duas espécies nos riachos da bacia do rio Cachoeira durante o período chuvoso.

Keywords : condições ambientais; dieta; Mata Atlântica; estágio de desenvolvimento; Characidium zebra; Trichomycterus bahianus.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese