SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue2Survey of orchidaceae from the State of Sergipe, BrazilDecapod crustaceans associated with farming ropes of the mussel Perna perna (Linnaeus, 1758) (Mollusca, Bivalvia, Mytilidae) from Armacao do Itapocoroy Bay, Penha - SC author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Biota Neotropica

On-line version ISSN 1676-0603

Abstract

MORAIS, Ana Beatriz Barros de; LEMES, Renata  and  RITTER, Camila Duarte. Borboletas (Lepidoptera: Hesperioidea e Papilionoidea) de Val de Serra, região central do Rio Grande do Sul, Brasil. Biota Neotrop. [online]. 2012, vol.12, n.2, pp. 175-183. ISSN 1676-0603.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-06032012000200017.

A fauna de borboletas do Bioma Mata Atlântica encontra-se razoavelmente conhecida até o início do limite sul da distribuição do mesmo. No Rio Grande do Sul, entretanto, ainda existem lacunas próximas à região central do estado, cujas áreas florestais são consideradas prioritárias para conservação biológica. Esse trabalho inventariou a assembléia de borboletas de um fragmento de mata ciliar numa região de ecótono entre Floresta Ombrófila Mista e Floresta Estacional Decidual, no município de Itaara. Durante o período de setembro de 2005 a setembro de 2006, num total de 105 horas-rede com uso do método de procura ativa, foram registradas 877 borboletas representando 104 espécies. Com o acréscimo posterior de mais três espécies, a riqueza total elevou-se para 107. As cinco espécies mais abundantes foram os Nymphalidae Hermeuptychia hermes (Fabricius, 1775), Yphthimoides celmis (Godart, [1824]), Agraulis vanillae maculosa (Stichel, [1908]), Tegosa claudina (Eschscholtz, 1821) e Vanessa braziliensis (Moore, 1883). Foram registradas uma nova espécie para o estado e quatro para a região central, além do Papilionidae sulino endêmico Euryades corethrus (Boisduval, 1836) e o Lycaenidae Arcas ducalis (Westwood, 1852), considerado indicador de áreas preservadas de Mata Atlântica. Devido à representatividade da fauna registrada, recomenda-se a necessidade de incrementar os esforços para a conservação da área e estimular novos estudos ecológicos com a biodiversidade local.

Keywords : Arcas ducalis; Mata Atlântica; conservação; Euryades corethrus; riqueza de espécies.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese