SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue3Antimicrobial in vitro activity of quinupristin/dalfopristin against gram-positive cocci isolated from 5 Brazilian centers: results from the local smart (L-SMART) surveillance study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial

Print version ISSN 1676-2444

Abstract

SCHLOTTFELDT, Fábio dos Santos; TRAMONTIN, Sayonara Werner; NAPPI, Berenice Pagani  and  SANTOS, Jairo Ivo dos. Reclassificação taxonômica de espécies do gênero Malassezia: revisão da literatura sobre as implicações clinicolaboratoriais . J. Bras. Patol. Med. Lab. [online]. 2002, vol.38, n.3, pp. 199-204. ISSN 1676-2444.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442002000300006.

O gênero Malassezia compreende leveduras lipofílicas e lipodependentes que recentemente sofreram mudanças em sua classificação taxonômica, com a introdução de quatro novas espécies: M. globosa, M. obtusa, M. slooffiae e M. restricta, além das espécies M. furfur, M. pachydermatis e M. sympodialis, já descritas. Estas leveduras estão associadas a vários quadros patológicos que incluem infecções como a pitiríase versicolor ou dermatoses, como dermatite seborréica e dermatite atópica, entre outros. Estes quadros eram, até pouco tempo atrás, considerados devidos exclusivamente à espécie M. furfur. Estas mudanças na classificação taxonômica de Malassezia levaram a uma reavaliação dos procedimentos laboratoriais que eram utilizados para a identificação do agente etiológico. Entre eles podemos citar o estudo e a caracterização morfológica das espécies, sua tolerância térmica, suas necessidades nutricionais para determinados tipos de ácidos graxos, bem como a composição e as características do DNA de cada uma delas.

Keywords : Malassezia; Taxonomia; Pitiríase versicolor; Técnicas de diagnóstico.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese