SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue3Validity of cervicovaginal cytology for detection of cancerous and precancerous lesions of the cervix author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial

Print version ISSN 1676-2444

Abstract

ECHENIQUE, Leandro Santini; MELLO, Regina de Arruda; ODASHIRO, Luciana Nakao  and  FRANCO, Marcello. Correlação entre achados macro e microscópicos em 200 autópsias consecutivas: análise do valor custo/benefício do estudo histopatológico completo das autópsias. J. Bras. Patol. Med. Lab. [online]. 2002, vol.38, n.3, pp. 219-224. ISSN 1676-2444.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442002000300010.

Introdução: Apesar dos avanços na área da medicina diagnóstica, a discrepância entre os diagnósticos clínicos e os da autópsia tem permanecido em torno de 10-20%. É importante reverter esta tendência por medidas que valorizam a realização e a otimização das autópsias. Objetivos: Comparar prospectivamente os achados macro e microscópicos de 200 autópsias, visando analisar o impacto e a relação custo/benefício do estudo histopatológico de todos os órgãos sobre os diagnósticos provisórios macroscópicos e sobre os laudos finais de encerramento. Metodologia: Analisamos 200 autópsias consecutivas realizadas no Departamento de Patologia da Escola Paulista de Medicina/Unifesp, e avaliamos a concordância e a discordância entre os diagnósticos macroscópicos provisórios e os microscópicos finais. Resultados: Houve concordância entre os diagnósticos macro e microscópicos em 143 casos (71,5%) e discordâncias em 22 casos (11%), classificadas como leves em 14 casos (7%) e graves em oito casos (4%). Em 35 casos (17,5%), a histopatologia revelou alterações sem expressão macroscópica e cujo diagnóstico final foi histológico. Conclusão: O elevado índice de concordância detectado entre os diagnósticos macro e microscópicos, sendo a maioria das discordâncias classificada como leve, parece indicar que as autópsias podem ser encerradas com estudo histopatológico limitado às alterações macroscópicas mais evidentes, com significativa redução de custo (cerca de R$ 300,00 por autópsia) e grande melhoria no retorno, em curto período de tempo, da informação para o corpo clínico da instituição.

Keywords : Autópsia; Histopatologia; Custo.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese