SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 issue5Platelets: still a therapeutical targetA simple automated procedure for thiol measurement in human serum samples author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial

Print version ISSN 1676-2444

Abstract

NISIHARA, Renato M. et al. Alterações do TSH em pacientes com síndrome de Down: uma interpretação nem sempre fácil. J. Bras. Patol. Med. Lab. [online]. 2006, vol.42, n.5, pp. 339-343. ISSN 1676-2444.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442006000500005.

OBJETIVO: Determinar as concentrações de hormônio estimulante da tireóide (TSH) e a presença de anticorpos antitireoperoxidase (anti-TPO) em pacientes com síndrome de Down (SD) atendidos no ambulatório do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. MÉTODOS: Foram incluídos no estudo 72 pacientes com SD, não aparentados e selecionados consecutivamente, com média de idade de 6,15 anos. Oitenta crianças sadias, pareadas com os pacientes, foram utilizadas como controles. Em todas as amostras foram determinadas as concentrações séricas de TSH e de anti-TPO, através do método de dosagem imunométrica. RESULTADOS: Trinta pacientes com SD (42,9%) apresentaram alterações nas concentrações de TSH, sendo que 4,3% tinham valores menores que 0,5µUI/ml e 38,6%, valores superiores a 5µUI/ml (5,1 a 22) (média de 5,56 ± 4,18µUI/ml). Nos controles, a concentração média de TSH foi 2,76µUI/ml (± 1,14), evidenciando-se um aumento significativo nos níveis de TSH nos pacientes com SD (p < 0,001). De forma similar, caracterizou-se uma diferença significativa na positividade para o anti-TPO nos pacientes (15,4%) em relação aos controles (0%; p < 0,001). Observou-se ainda aumento significativo nas concentrações de TSH nos pacientes com idade superior a 9 anos (média de 6,86 ± 4,6µUI/ml) quando comparados aos menores de 9 anos (média de 5,24 ± 3,81µUI/ml; p = 0,006), bem como na positividade do anti-TPO (6/20 vs. 5/52; p = 0,041). CONCLUSÕES: Os resultados demonstraram alta prevalência de alterações das dosagens de TSH e de doença tireoidiana nos pacientes com SD, principalmente naqueles com idade superior a 9 anos. Os dados indicam que a avaliação da função tireoidiana nos pacientes com SD deve receber atenção especial dos profissionais de saúde que atendem esses pacientes.

Keywords : Síndrome de Down; Tireoidites; TSH.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese