SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 issue6Evaluation diagnosis of minimal residual disease in chronic myeloid leukemia by Real-Time PCRLymph node analysis in colorectal cancer: the impact of the use of fat clearance solution author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial

Print version ISSN 1676-2444On-line version ISSN 1678-4774

Abstract

COSTA, Daniela Otero Pereira da et al. Estudo retrospectivo dos casos diagnosticados como ameloblastoma no Serviço de Anatomia Patológica do Hospital Universitário Antônio Pedro entre 1997 e 2007. J. Bras. Patol. Med. Lab. [online]. 2008, vol.44, n.6, pp.441-447. ISSN 1676-2444.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442008000600008.

INTRODUÇÃO: O ameloblastoma é um tumor odontogênico de origem epitelial que, pela freqüência, subtipos clínicos, grande capacidade infiltrativa e alta tendência à recorrência tem merecido bastante atenção. OBJETIVO:Realizar estudo retrospectivo dos casos diagnosticados histopatologicamente de ameloblastoma no Serviço de Anatomia Patológica do Hospital Universitário Antônio Pedro da Universidade Federal Fluminense (HUAP/UFF) no período de 1997 a 2007. Material e métodos: Foram selecionados casos de ameloblastoma correspondentes ao período da pesquisa, e dados como idade, sexo, raça, localização da lesão, aspecto radiográfico, tipo de biópsia, diagnósticos clínico e histopatológico foram compilados das fichas de requisição e/ou prontuários. RESULTADOS:Depois do levantamento e da revisão das lâminas para confirmação do diagnóstico de ameloblastoma, a amostra totalizada foi de 23 casos. Os pacientes mais acometidos eram do sexo masculino, leucodermas e estavam entre a primeira e a terceira década de vida. Todos os casos ocorreram na mandíbula, sendo a região posterior a mais afetada. Predominaram o aspecto radiográfico multilocular e, histopatologicamente, o padrão multicístico, sendo os subtipos folicular e híbrido os mais freqüentes. Não foram observados casos de ameloblastoma desmoplásico e de células basais. CONCLUSÕES: A freqüência do ameloblastoma varia de acordo com a região geográfica avaliada, e a realização de estudos retrospectivos pode contribuir para a identificação de grupos e dos possíveis fatores associados ao seu desenvolvimento.

Keywords : Ameloblastoma; Tumor odontogênico; Tumores dos maxilares.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License