SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número5Carcinoma papilífero da tireoide e suas variantes histológicas associados à tireoidite de HashimotoMiocárdio não compactado de ventrículo esquerdo: relato de caso com estudo de necropsia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial

versão On-line ISSN 1678-4774

Resumo

ANDRADE, Maurício De Angelo; PUPO, Joyce de Brito; DERCHAIN, Sophie  e  ANDRADE, Liliana Aparecida Lucci De Angelo. Aspectos clinicopatológicos e sua relação com o prognóstico em tumor de células da granulosa do tipo adulto do ovário. J. Bras. Patol. Med. Lab. [online]. 2009, vol.45, n.5, pp.395-400. ISSN 1678-4774.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442009000500009.

INTRODUÇÃO E OBJETIVO: O tumor de células da granulosa tipo adulto (TCGA) corresponde a menos de 5% das neoplasias ovarianas. São de baixo potencial de malignidade, podem recorrer depois de muitos anos, e o diferencial deve ser feito com outras neoplasias primárias ou metastáticas. Analisamos os aspectos clínicos e patológicos do tumor, relacionando-os à evolução. MÉTODOS: Na revisão de 10 anos dos arquivos do laboratório de Anatomia Patológica do Hospital das Clínicas da Universidade de Campinas (UNICAMP), 20 casos de TCGA foram encontrados. Os prontuários e as lâminas foram revisados e considerados: idade, sintomas, aspectos macro e microscópicos, estádio ao diagnóstico e à recidiva. Quando houve biópsia intraoperatória, sua acurácia foi avaliada. RESULTADOS: A idade variou de 27 a 79 anos (média: 53); o seguimento de 12 a 96 meses (média: 42). Os sintomas principais: sangramento pós-menopausa (45%), dor abdominal (35%) e massa palpável (25%). A maioria era amarelada (60%), o aspecto sólido mais comum (40%) que o cístico ou sólido-cístico. Os padrões histológicos foram: 40% sólido, 15% macrofolicular e 45% de formas combinadas, todos com baixo índice mitótico. Apenas três de nove casos submetidos à biópsia intraoperatória foram diagnosticados corretamente. O estádio clínico foi: 13 casos Ia (65%), um caso Ic e seis, IIIc. Em três de 14 histerectomias analisadas, havia hiperplasia endometrial simples sem atipia. Apenas o estádio da doença foi significativamente associado à recidiva (p < 0,0001). CONCLUSÃO: TCGA geralmente ocorre após a menopausa, as biópsias intraoperatórias são mais comumente inconclusivas e apenas o estádio avançado esteve relacionado com o pior prognóstico.

Palavras-chave : Ovário; Neoplasia do ovário; Tumor de células da granulosa; Prognóstico; Clinicopatológico.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons