SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número4Quando e como valorizar culturas de urina polimicrobianas no laboratório de microbiologia clínicaCaracterização imunofenotípica das células plasmáticas em pacientes portadores de mieloma múltiplo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial

versão impressa ISSN 1676-2444

Resumo

SILVEIRA, Alessandro Conrado de Oliveira; SOUZA, Helena Aguilar Peres Homem de Mello de  e  ALBINI, Carlos Augusto. A Gardnerella vaginalis e as infecções do trato urinário. J. Bras. Patol. Med. Lab. [online]. 2010, vol.46, n.4, pp. 295-300. ISSN 1676-2444.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442010000400006.

As infecções do trato urinário (ITUs) estão entre as mais frequentes nos seres humanos. São causadas por grande variedade de uropatógenos habituais, porém podem ser provocadas por alguns micro-organismos fastidiosos, como a Gardnerella vaginalis, que é uma bactéria anaeróbia facultativa, observada sob a forma de cocobacilos Gram-variáveis. Ela habita a mucosa vaginal e eventualmente pode ocasionar ITUs. O isolamento pode ser realizado em amostras de urina utilizando o ágar CNA (colistina e ácido nalidíxico), com incubação de 48 a 72 horas em atmosfera rica em CO2. O exame de Gram de urina não centrifugada pode auxiliar o microbiologista na identificação das amostras nas quais uma bactéria fastidiosa seja o agente causal, já que a visualização de inúmeras células epiteliais, a ausência de leucócitos e a presença de mais de um tipo morfológico sugerem contaminação da amostra. Como estudos comprovam a incidência de G. vaginalis entre os agentes causadores de ITUs, o isolamento em uroculturas não deve ser desprezado. A interpretação clínica do crescimento da G. vaginalis é de difícil avaliação, sendo imprescindível a troca de informações entre o laboratório de microbiologia clínica e a equipe médica, investigando a presença de sinais e sintomas que possam estar associados à ITU.

Palavras-chave : Gardnerella vaginalis; Infecções do trato urinário; Bactérias fastidiosas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português