SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 issue1Cardiovascular risk in carotid disease: assessment of doppler sonography and biomarker resultsAcute diarrhea associated with Salmonella enterica in Belo Horizonte-MG: prevalence and characterization of isolates author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial

Print version ISSN 1676-2444

Abstract

PARRA, Eliane Soler et al. Construção de um banco de dados clínico laboratorial de hiper e hipoalfalipoproteinêmicos em Campinas-SP e região. J. Bras. Patol. Med. Lab. [online]. 2013, vol.49, n.1, pp.26-33. ISSN 1676-2444.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442013000100004.

INTRODUÇÃO: O desenvolvimento de pesquisa para diagnóstico e prevenção da doença aterosclerótica cardiovascular no Brasil é de grande importância por esta ser a principal causa de morbimortalidade no país. OBJETIVO: Demonstrar as etapas do processo de seleção de voluntários para a construção de um banco de dados clínico-laboratorial de indivíduos hiperalfalipoproteinêmicos (hiper A) - colesterol da lipoproteína de alta densidade (HDL-C) ≥ 68 mg/dl - e hipoalfalipoproteinêmicos (hipo A) - HDL-C < 39 mg/dl. MATERIAL E MÉTODOS: Os voluntários são contatados a partir de resultados de perfis lipídicos de indivíduos atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) de Campinas-SP e região e, se selecionados, são convidados para coleta de sangue, exames clínicos e responder a questionários de atividade física e de frequência alimentar. Após essa avaliação, os indivíduos podem ser convocados para nova coleta de sangue e, posteriormente, para a ultrassonografia de carótidas. RESULTADOS: Entre 598.288 perfis lipídicos recebidos das redes públicas, apenas 0,6% e 0,3% compuseram os nossos grupos hiper A e hipo A, com disparidade entre os gêneros. A falta de questionários efetivos (75%), das chamadas não atendidas (60%) e a não inclusão foram os pontos mais difíceis na construção do banco de dados. DISCUSSÃO: A dificuldade de obtenção de voluntários elegíveis também se deve à baixa prevalência de hipo A e hiper A e à alta prevalência de patologias que contribuem para variações não genéticas do HDL-C. CONCLUSÃO: Apesar das dificuldades na criação da base de dados, este estudo gerou várias publicações e, com o desenvolvimento das análises moleculares e da funcionalidade, muitas outras seguirão em curto período, fatos contribuintes para o diagnóstico e o acompanhamento das dislipidemias envolvendo a HDL.

Keywords : instituições de saúde; HDL-C; coleta de dados.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License