SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3The effects of epileptic seizures upon quality of life author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Journal of Epilepsy and Clinical Neurophysiology

Print version ISSN 1676-2649

Abstract

AMORIM JUNIOR, Raimundo Francisco de et al. Estudo da ocorrência de crises epilépticas em crianças e adolescentes com hidrocefalia no tratamento por derivação ventriculoperitoneal. J. epilepsy clin. neurophysiol. [online]. 2009, vol.15, n.3, pp. 106-109. ISSN 1676-2649.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-26492009000300002.

OBJETIVOS: Avaliar a ocorrência de crises epilépticas (CE) em crianças e adolescentes com hidrocefalia e sua relação com o tratamento por derivação ventriculoperitoneal (DVP). MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 45 crianças e adolescentes de ambos gêneros, faixa etária de 0 a 8 anos, com hidrocefalia, apresentando ou não CE. Analisaram-se as variáveis: gênero, etiologia da hidrocefalia, idade do diagnóstico de hidrocefalia, idade de colocação do shunt, tipos de CE e idade da primeira crise. RESULTADOS: A análise estatística mostrou: 20 pacientes (44,4%) apresentaram CE, sendo 13 do gênero feminino (65%) e sete do masculino (35%). Houve predomínio de CE no gênero feminino sem diferença estatística significante. Estavam em uso de DVP 13 pacientes (65%), sendo que em 10 (76,9%), o início das crises foi depois da colocação do shunt, enquanto dois (15,4%) já apresentavam CE antes da DVP. CONCLUSÕES: Os resultados não mostraram associação entre o tratamento com DVP e CE (ρ=0,832), entretanto a maior parte dos pacientes apresentou o primeiro episódio de CE depois da colocação do shunt, sugerindo uma relação entre o tratamento com DVP e a ocorrência de crises.

Keywords : Hidrocefalia; crises epilépticas; derivação ventriculoperitoneal; crianças; adolescentes.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English