SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue1Female executives: career, motherhood, love and prejudiceImpacts of the initial international accounting harmonization (law 11.638/07) on public firms’ results author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

RAE eletrônica

On-line version ISSN 1676-5648

Abstract

COUTINHO, Eduardo Senra  and  AMARAL, Hudson Fernandes. Abertura ao capital estrangeiro e desempenho no setor bancário Brasileiro no período 2001/2005. RAE electron. [online]. 2010, vol.9, n.1, pp. 0-0. ISSN 1676-5648.  http://dx.doi.org/10.1590/S1676-56482010000100005.

A soma do estoque de investimentos diretos feitos por instituições financeiras no Brasil em 2000 e o fluxo ocorrido entre 2001 e 2006 chega a US$ 22,23 bilhões. Nesse processo, os investidores buscam superar imperfeições de mercado mediante condução interna de transações realizadas anteriormente no mercado internacional. Isso permite transformar as vantagens específicas desse mercado em vantagens específicas da firma, que podem ser exploradas de forma mais ampla mediante a internacionalização. Do ponto de vista dos países receptores, a abertura baseou-se na expectativa de se obterem benefícios com o incremento na competição. Assim, este trabalho procurou identificar se os bancos com controle estrangeiro foram mais eficientes do que os bancos com controle nacional no período compreendido entre 2001 e 2005 mediante a aplicação da Análise de Fronteira Estocástica. Os resultados permitiram concluir que o desempenho dos bancos com controle estrangeiro não foi sistematicamente superior ao dos bancos com controle nacional, bem como mostraram não ter havido progresso técnico na atividade bancária no Brasil.

Keywords : Bancos; internacionalização bancária; desempenho econômico-financeiro de bancos; Eficiência X; Análise de Fronteira Estocástica.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese