SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue2Osmotic adjustment in roots and leaves of two sorghum genotypes under NaCl stress author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Plant Physiology

Print version ISSN 1677-0420

Abstract

OLIVEIRA, Marli Lourdes de et al. Purificação e caracterização parcial de uma lectina extraída do fruto de Caesalpinia tinctoria Domb, ex Dc. Braz. J. Plant Physiol. [online]. 2003, vol.15, n.2, pp. 119-122. ISSN 1677-0420.  http://dx.doi.org/10.1590/S1677-04202003000200008.

Isolou-se uma lectina a partir do extrato salino da fava dos frutos de Caesalpinia tinctoria mediante dialofiltração e cromatografia de afinidade em coluna de quitina. A lectina purificada foi caracterizada parcialmente com relação às suas propriedades bioquímicas e estruturais, e classificada como um glicopeptídio contendo 8,3 % de carboidratos, aglutinando hemácias do grupo ABO. Sua composição em aminoácidos foi caracterizada por grande número de resíduos ácidos e hidrofóbicos, e sua massa molecular, estimada em 12,5 kDa. A análise do grupo N-terminal mostrou a homogeneidade da lectina, cuja seqüência dos 21 resíduos iniciais é a seguinte: D1-V-P-A-Y-V-Y-V-H-F10-G-F-G-E-E-H-R-D-V-F 20-D. O espectro de dicroísmo circular da lectina na região do UV distante indicou a presença de 10 % de a-hélice; 38 % de folhas b; 19 % de voltas b; 28 % de estruturas desordenadas e 6 % da conformação PII (hélice poli-L-prolina II).

Keywords : defesa de plantas; dicroísmo circular; estrutura secundária; fava; Leguminosae.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English