SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 número1Mobilização precoce na fase aguda da trombose venosa profunda de membros inferioresAneurisma de artéria renal em rim transplantado: reparo ex vivo e reimplante do enxerto índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Vascular Brasileiro

versão impressa ISSN 1677-5449versão On-line ISSN 1677-7301

Resumo

TIMI, Jorge R. Ribas  e  DEL VALLE, Carlos Eduardo. Cirurgia de varizes dos membros inferiores em pacientes receptores de transplante hepático: relato de caso. J. vasc. bras. [online]. 2009, vol.8, n.1, pp.86-88.  Epub 13-Mar-2009. ISSN 1677-5449.  http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492009005000004.

O transplante hepático vem progressivamente apresentando melhores resultados e maior preocupação com a qualidade de vida dos pacientes. As varizes dos membros inferiores são comuns na população e causam sintomas em boa parte dos casos, comprometendo a qualidade de vida. Em pacientes com boa condição clínica e funcionamento normal do enxerto, o tratamento cirúrgico das varizes de membros inferiores pode ser a opção com resultado mais eficaz e duradouro. Os autores relatam dois casos de pacientes que haviam sido submetidos a transplante hepático e apresentavam varizes sintomáticas de membros inferiores, e foram submetidos a cirurgia de varizes após liberação pela equipe de transplante hepático. As operações ocorreram sem intercorrências, com bom resultado no seguimento. A cirurgia de varizes dos membros inferiores pode ser realizada com segurança em pacientes receptores de transplante hepático, sendo uma opção eficaz e duradoura no tratamento da insuficiência venosa crônica nesses pacientes.

Palavras-chave : Varizes; membros inferiores; transplante hepático; insuficiência venosa.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons