SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 número2Gestação e varizes de membros inferiores: prevalência e fatores de riscoAnálise morfométrica da carótida de suínos submetidos a angioplastia com ou sem implante de stent de cromo-cobalto índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Vascular Brasileiro

versão impressa ISSN 1677-5449

Resumo

OGENG'O, Julius A  e  OLABU, Beda O. Padrão de aneurismas femoro-poplíteos em uma população africana. J. vasc. bras. [online]. 2010, vol.9, n.2, pp.36-39. ISSN 1677-5449.  http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492010000200005.

Objetivo: Descrever o padrão de aneurismas femoro-poplíteos em uma população africana do Quênia. Pacientes e Métodos: Prontuários de pacientes africanos internados com o diagnóstico de aneurisma femoro-poplíteo no Hospital Kenyatta, Nairóbi, Quênia, de janeiro de 1998 a dezembro de 2007 foram examinados quanto a apresentação, diagnóstico, fatores de risco/comorbidades, local, idade e gênero. Os dados foram analisados usando o Program SPSS 11.50 e apresentados em tabelas. Resultados: Aneurismas femoro-poplíteos constituem 33 dos 96 casos de aneurisma periférico (34,4%). As apresentações mais comuns foram massa pulsátil (48,5%) e dor e inchaço (33,3%). Dor isolada e sangramento ocorreram em 9,1% cada. O diagnóstico foi feito por ultrassonografia Doppler (45,5%), angiografia (30,3%) e ultrassonografia simples (24,5%). Aneurismas foram associados a trauma (51,5%), aterosclerose (21,2%), tabagismo (9,1%) e hipertensão arterial (6,1%). A distribuição por locais foi femoral comum (33,3%), femoral superficial (36,4%) e poplítea (30,3%). A média de idade foi de 46 anos (variando de 13 a 79 anos), com 20 casos (60,6%) ocorrendo em indivíduos com 50 anos de idade ou menos. A relação masculino:feminino foi de 15:1. Conclusão: No presente estudo, aneurismas femoro-poplíteos constituíram menos de 40% dos aneurismas periféricos, e a artéria femoral superficial foi o local mais comum. Eles ocorreram predominantemente em homens com idade igual ou menor que 50 anos e foram associados principalmente a trauma e aterosclerose. A prevalência, local e distribuição destes aneurismas diferem das descritas nas populações brancas.

Palavras-chave : Aneurisma; artéria femoral; artéria poplítea.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons