SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 número3Tratamento endovascular de pseudoaneurisma de artéria mesentérica superior: relato de casoTratamento de tromboembolismo pulmonar por aspiração percutânea do trombo: relato de caso índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Vascular Brasileiro

versão impressa ISSN 1677-5449

Resumo

MASSIERE, Bernardo et al. Angioplastia carotídea com reversão do fluxo em octogenários: relato de caso. J. vasc. bras. [online]. 2010, vol.9, n.3, pp.186-189. ISSN 1677-5449.  http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492010000300017.

Pacientes octogenários submetidos à angioplastia carotídea apresentam maior incidência de eventos neurológicos quando comparados a grupos de pacientes mais jovens e a grupos da mesma faixa etária submetidos à endarterectomia carotídea. A maior taxa de complicações pode ser explicada por fatores anatômicos e anatomopatológicos que aumentam a dificuldade técnica e o risco de ateroembolismo do procedimento endovascular. O procedimento foi realizado no centro cirúrgico, com o paciente em decúbito dorsal e sob anestesia geral. Realizamos acesso cirúrgico transverso limitado, na base do pescoço à direita, com dissecção, identificação e reparo da artéria carótida comum e veia jugular interna. Foram administradas 10.000 U de heparina e puncionada a carótida comum pela técnica de Seldinger com introdução de bainha 8F em sentido cranial. Na sequência, foi puncionada a veia jugular interna com instalação de bainha 8F em sentido caudal. Em seguida, ambas as bainhas foram conectadas, utilizando-se um segmento de equipo de soro. A carótida comum foi fechada por cadarço duplo de silicone e o fluxo retrógrado pela carótida interna foi estabelecido. Subsequentemente, foi introduzido fio guia 0.014 x 190 cm com cruzamento da lesão, realizando-se angioplastia com balão 5 x 20 mm e em seguida stent (Wallstent® 7 x 50 - Boston Scientific) foi introduzido, posicionado e liberado. A angioplastia carotídea com reversão de fluxo, por via transcervical, constitui estratégia de proteção cerebral custo-eficiente e com menor potencial emboligênico em pacientes octogenários com anatomia desfavorável.

Palavras-chave : Doenças das artérias carótidas; angioplastia; embolia intracraniana.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons