SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número1Tratamento endovascular da reestenose carotídea: resultados em curto prazoAdaptação transcultural do questionário VEINES/QOL-SYM: avaliação da qualidade de vida e sintomas na doença venosa crônica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Vascular Brasileiro

versão impressa ISSN 1677-5449

Resumo

SANTOS, João Gustavo Rocha Peixoto dos; BARBOSA, Fabiano Timbó  e  FRAGA, Tamires Santos. A qualidade dos ensaios clínicos randomizados publicados no Jornal Vascular Brasileiro. J. vasc. bras. [online]. 2011, vol.10, n.1, pp.9-16. ISSN 1677-5449.  http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492011000100003.

CONTEXTO: A qualidade dos ensaios clínicos randomizados (ECR) define-se como a probabilidade de um estudo planejado gerar resultados sem tendências e que se aproximem da realidade terapêutica. OBJETIVO: Determinar a qualidade dos artigos originais com ECR publicados no Jornal Vascular Brasileiro. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo descritivo transversal com base na busca eletrônica dos artigos originais publicados no Jornal Vascular Brasileiro, entre dezembro de 2004 e setembro de 2009, que tivessem características de ECR. Variável primária: qualidade dos ECR; variáveis secundárias: encaminhamento da pesquisa ao Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), utilização do termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE), descrição da fonte de fomento, cálculo do tamanho da amostra, teste estatístico utilizado, nível de significância adotado na pesquisa, utilização de estatística descritiva, descrição do intervalo de confiança (IC) e sigilo da alocação. Foram pesquisados dados complementares: número de autores, local de origem e tipo de estudo. Utilizou-se estatística descritiva, cálculo do tamanho da amostra e IC de 95%. RESULTADOS: Entre 114 artigos originais da amostra, 1 foi classificado como ECR, sendo de boa qualidade. Do total, 51 foram encaminhados ao CEP, 41 utilizaram TCLE, em 6 houve descrição do fomento e em 5 houve cálculo do tamanho da amostra. A amostra mostrou distribuição trimodal do número de autores por artigo (4, 5, 6), aparecendo em 20 artigos, cada um dos valores respectivos da moda. São Paulo contribuiu com 48 publicações. O teste do qui-quadrado foi o mais utilizado (38,7%). O nível de significância de 5% foi adotado em 54 artigos, em 90 utilizou-se estatística descritiva e em 18 descreveu-se uso do IC. CONCLUSÃO: Não foi possível determinar a qualidade dos ECR no Jornal Vascular Brasileiro, pois foi encontrado apenas um de boa qualidade

Palavras-chave : Ensaios clínicos controlados aleatórios como assunto; publicações; artigo de revista; medicina baseada em evidências; procedimentos cirúrgicos vasculares.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons