SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue4Ankle-brachial index in hemodialysis patientsPrimary amputation in trauma: a profile of hospital Center-west region of Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Jornal Vascular Brasileiro

Print version ISSN 1677-5449

Abstract

FRANCA, Mariana Abreu et al. Relação entre o desempenho nos testes de esforço em esteira e de seis minutos de caminhada em pacientes com claudicação intermitente dos membros inferiores. J. vasc. bras. [online]. 2012, vol.11, n.4, pp.263-268. ISSN 1677-5449.  http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492012000400003.

CONTEXTO: O teste de caminhada de seis minutos e o teste de esforço em esteira têm sido frequentemente utilizados para quantificação da limitação funcional dos pacientes com doença arterial periférica. Todavia, ainda não está bem estabelecido se os resultados desses testes são correlacionados. OBJETIVOS: Relacionar a distância total de caminhada (DTC) obtida nos testes de seis minutos e de esforço em esteira em pacientes com doença arterial periférica e sintomas de claudicação intermitente. MÉTODOS: A amostra foi composta por 34 pacientes (65,5 ± 8,9 anos) de ambos os gêneros (26 homens e 8 mulheres). Os indivíduos realizaram o teste de seis minutos em corredor de 30 metros e o teste de esforço em esteira ergométrica utilizando-se protocolo específico para essa população, com intervalo de pelo menos sete dias entre os testes. Para a análise dos dados, foi utilizada a análise de correlação de Pearson. RESULTADOS: Houve correlação significante na DTC obtida nos testes de seis minutos e de esforço em esteira (r=0,48, p<0,01). Foi observada correlação significante entre a DTC obtida nos testes nos pacientes com menor comprometimento hemodinâmico do membro (r=0,69; p=0,01), enquanto que, nos pacientes com maior comprometimento hemodinâmico do membro, a correlação não foi significante (r=0,03, p=0,91). Além disso, foi observada correlação significante entre os testes tanto nos pacientes com baixos níveis de adiposidade (r=0,57; p=0,02) como nos pacientes com altos níveis de adiposidade (r=0,48, p<0,05). CONCLUSÃO: Os resultados deste estudo mostram que os dados obtidos do teste de seis minutos e de esforço em esteira são correlacionados, exceto em pacientes com maior comprometimento hemodinâmico do membro.

Keywords : doença arterial periférica; claudicação intermitente; exercício; caminhada.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License