SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número2Evaluation with Doppler vascular ultrasound in postoperative endovascular treatment of abdominal aortic aneurysm: a prospective comparative study with angiotomographyCorrelacao de achados clinicos com o risco de trombose venosa profunda de membros inferiores atraves do ultrassom vascular índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Vascular Brasileiro

versão impressa ISSN 1677-5449

Resumo

MIRANDA, Alessandra de Souza et al. Efeitos do treinamento de caminhada e força na capacidade de caminhada de claudicantes: meta-análise. J. vasc. bras. [online]. 2013, vol.12, n.2, pp.110-117. ISSN 1677-5449.  http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492013000200004.

CONTEXTO:

Ao longo dos últimos anos, diversos ensaios clínicos têm sido realizados sobre os efeitos do treinamento físico na capacidade de caminhada de pacientes com claudicação intermitente (CI). No entanto, ainda permanece incerto, qual modalidade de treinamento físico promove maiores aumentos na capacidade de caminhada dos pacientes.

OBJETIVO

: Analisar, por meio de meta-análise, os efeitos do treinamento de caminhada e de força na capacidade de locomoção de pacientes com CI.

MÉTODOS:

Foi realizada pesquisa bibliográfica de artigos que analisaram os efeitos do treinamento de caminhada e de força em pacientes com CI nas bases de dados Medline, Lilacs e Cochrane. Foram incluídos na revisão estudos clínicos randomizados com escore > 4 na escala de PEDro e que quantificaram a distância de claudicação (DC) e a distância total de caminhada (DTC).

RESULTADOS:

Os treinamentos de caminhada e de força promoveram aumentos na DC e na DTC (P < 0,05). No entanto, os aumentos obtidos com o treinamento de caminhada foram superiores aos obtidos com o treinamento de força (P = 0,02).

CONCLUSÃO

: Os treinamentos de caminhada e de força promovem aumento na capacidade de locomoção de pacientes com CI. No entanto, efeitos são mais acentuados com o treinamento de caminhada.

Palavras-chave : exercício; doenças vasculares; doença arterial periférica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )