SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número3Relacao entre o nivel de atividade fisica estimado pelo Baltimore Activity Scale for Intermittent Claudication e a pedometria em pacientes com claudicacao intermitenteRevisao de 15 casos submetidos a oclusao temporaria bilateral de arteria iliaca interna em pacientes com alto risco para hemorragia obstetrica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Vascular Brasileiro

versão impressa ISSN 1677-5449

Resumo

MENEZES, Fabio Husemann et al. Comparações preliminares entre a histologia virtual ultrassonográfica in vivo e os achados histopatológicos da placa carotídea produto de endarterectomia. J. vasc. bras. [online]. 2013, vol.12, n.3, pp.193-201. ISSN 1677-5449.  http://dx.doi.org/10.1590/jvb.2013.038.

CONTEXTO:

A doença aterosclerótica da carótida extracraniana é uma das principais causas evitáveis de acidente vascular cerebral isquêmico (AVCi), sendo este a segunda causa mais comum de morte nos países desenvolvidos. Nos grandes estudos sobre a cirurgia carotídea, a indicação estava embasada fundamentalmente no grau de estenose arterial. Analisar somente o grau de estenose, entretanto, não revela todas as características da placa, na medida em que a morfologia e a composição da placa complementam a avaliação da doença carotídea avançada e são fundamentais para a análise e o acompanhamento da maioria das placas carotídeas tratadas clinicamente.

OBJETIVO:

Correlacionar a caracterização dos componentes da placa de ateroma pela histologia virtual ultrassonográfica (HVUS) com a histologia.

MÉTODOS:

As imagens pré-operatórias obtidas por ultrassonografia transcutânea de 12 placas de ateroma de bifurcação carotídea foram submetidas a um programa de computador, o qual correlacionou os níveis de cinza com os prováveis componentes da placa da bifurcação carotídea (HVUS). Estes achados foram correlacionados com o exame anatomopatológico das placas coletadas pela cirurgia de endarterectomia.

RESULTADOS:

O coeficiente de correlação de Pearson para os conteúdos de lipídeos e músculo/tecido fibroso foram, respectivamente, R=0,83 para gordura e R=0,91 para músculo/tecido fibroso. Quanto ao cálcio e ao sangue, foram R=0,05 e R=0,19, respectivamente.

CONCLUSÕES:

O presente trabalho corrobora a literatura demonstrando que a histologia virtual computadorizada baseada em ultrassonografia transcutânea apresenta boa correlação com os achados da histologia quanto ao conteúdo da placa. Maiores estudos para a padronização da técnica e o aperfeiçoamento do programa de análise permitirão maior uso clínico deste método.

Palavras-chave : aterosclerose carotídea; histologia; ultrassonografia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )