SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número4Tratamento endovascular do aneurisma de aorta abdominal associado à dificuldade no acesso aórtico devido a artérias ilíacas de pequeno calibre: aplicação técnica do EndoconduíteSíndrome de Kasabach-Merritt: tratamento clínico versus cirúrgico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Vascular Brasileiro

versão impressa ISSN 1677-5449versão On-line ISSN 1677-7301

Resumo

GOES JUNIOR, Adenauer Marinho de Oliveira; JEHA, Salim Abdon Haber  e  FRANCO, Reinaldo Sérgio Monteiro. Tratamento híbrido para fístula arteriovenosa entre vasos poplíteos. J. vasc. bras. [online]. 2014, vol.13, n.4, pp.325-329. ISSN 1677-5449.  http://dx.doi.org/10.1590/1677-5449.0024.

Os autores descrevem o tratamento de um paciente portador de fístula arteriovenosa entre vasos poplíteos com mais de 20 anos de evolução, após ferimento por projétil de arma de fogo. O paciente foi submetido a tratamento endovascular pelo implante de stents revestidos Viabahn (Gore®), porém o mesmo não foi bem sucedido devido à diferença de diâmetro entre a artéria poplítea proximal e a distal à fístula. A artéria femoral superficial foi submetida à cerclagem com fios de sutura ao redor do stentgraft previamente implantado. Esse recurso de improvisação permitiu uma abordagem distante do sítio da fístula, diminuindo os riscos do acesso cirúrgico em uma região com distorções anatômicas e vasos sanguíneos ectasiados, o que certamente acarretaria maior risco de lesões iatrogênicas.

Palavras-chave : fístula arteriovenosa; cirurgia; artéria poplítea; veia poplítea; procedimento endovascular; lesões do sistema vascular.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )