SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18Functionality and quality of life of patients with unilateral lymphedema of a lower limb: a cross-sectional studyAnalysis of recanalization of deep venous thrombosis: a comparative study of patients treated with warfarin vs. rivaroxaban author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Jornal Vascular Brasileiro

Print version ISSN 1677-5449On-line version ISSN 1677-7301

Abstract

KOCK, Kelser de Souza; SILVA, João Batista Ferreira da  and  MARQUES, Jefferson Luiz Brum. Comparação do índice tornozelo-braquial com parâmetros de rigidez e resistência arterial periférica avaliados por fotopletismografia em idosos. J. vasc. bras. [online]. 2019, vol.18, e20180084.  Epub May 23, 2019. ISSN 1677-5449.  http://dx.doi.org/10.1590/1677-5449.180084.

Contexto

O índice tornozelo-braquial (ITB) utiliza a razão entre a pressão arterial sistólica do tornozelo e do braço para diagnosticar de forma não invasiva a doença arterial periférica (DAP). A fotopletismografia (photoplethysmography, PPG) faz a medição e o registro das modificações de volume sanguíneo do corpo humano por meio de técnicas ópticas.

Objetivos

O objetivo deste estudo foi comparar o ITB com parâmetros de rigidez arterial e resistência periférica avaliados pela PPG em idosos e propor um modelo de predição para o ITB.

Métodos

Foi realizado um estudo transversal quantitativo. A amostra foi composta por idosos atendidos no ambulatório médico de especialidades da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Foram verificados: idade, sexo, índice de massa corporal (IMC), presença de comorbidades, tabagismo e atividade física. Para comparação das variáveis obtidas com a PPG com o ITB, foi realizada regressão linear bivariada e multivariada, considerando erro α = 0,05.

Resultados

Foram avaliados 93 idosos, sendo 63,4% mulheres. Em 98,9% dos casos, o ITB apresentou-se dentro da normalidade. Na comparação do ITB e variáveis derivadas da PPG em relação à idade, foram demonstradas associações significativas. Contudo, não foram observadas associações significativas entre ITB e PPG. O modelo multivariado indicou que apenas idade, sexo e tabagismo foram associados ao ITB.

Conclusões

Como conclusão, o ITB e a PPG demonstraram associação com o envelhecimento arterial, tendo em vista sua correlação com a idade; contudo, o ITB foi relacionado apenas com idade, sexo e tabagismo. Mais estudos são necessários para avaliar o potencial uso da PPG como rastreio de doenças vasculares em rotinas ambulatórias.

Keywords : fotopletismografia; idoso; hipertensão; aterosclerótica; índice tornozelo-braço.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )