SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 issue3La complejidad del lenguaje normativo empleado para evaluar técnicamente a los artefactos técnicos author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Scientiae Studia

Print version ISSN 1678-3166

Abstract

LACEY, Hugh. Ciência, respeito à natureza e bem-estar humano. Sci. stud. [online]. 2008, vol.6, n.3, pp. 297-327. ISSN 1678-3166.  http://dx.doi.org/10.1590/S1678-31662008000300002.

A questão central aqui levantada é a seguinte: de que maneira a pesquisa científica deve ser conduzida de modo a assegurar que a natureza seja respeitada - que suas potencialidades regenerativas não sejam ulteriormente solapadas, e que sejam restabelecidas onde quer que seja possível - e que o bem-estar de todos, em todos os lugares, possa ampliar-se? Após salientar a importância do pluralismo metodológico na formulação de uma resposta aceitável e os obstáculos que emergem quando se identifica ciência com tecnociência - obstáculos que são reforçados pelo que denomino "o ethos científico-comercial" -, duas questões adicionais são aqui consideradas. Como a pesquisa científica, conduzida dessa maneira, poderia impactar o - e subordinar-se ao - fortalecimento de práticas e valores democráticos? O que está atualmente envolvido nas responsabilidades dos cientistas? Uma vez que não estão dadas as condições sociais apropriadas para o exercício das responsabilidades que são identificadas, o exercício dessas responsabilidades também envolve a participação dos cientistas nos esforços para o estabelecimento dessas condições. O artigo conclui com a sugestão de que o estabelecimento dessas condições deveria envolver uma dialética complexa, incluindo pelo menos oito elementos.

Keywords : Tecnociência; Ciência em favor do interesse privado; Objetividade; Neutralidade; Autonomia; Pluralismo metodológico; Abordagem descontextualizada; Responsabilidade dos cientistas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese