SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número2Linajes y sistemas: dos tipos de individuos biológicosA revolução darwiniana na paleontologia e a ideia de progresso no processo evolutivo índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Scientiae Studia

versión impresa ISSN 1678-3166

Resumen

BARAVALLE, Lorenzo. A função adaptativa da transmissão cultural. Sci. stud. [online]. 2012, vol.10, n.2, pp. 269-295. ISSN 1678-3166.  http://dx.doi.org/10.1590/S1678-31662012000200004.

O principal objetivo deste artigo é sugerir como podemos explicar a transmissão cultural dentro de um quadro evolucionista geral, aceitável da perspectiva naturalista. Para fazer isso, primeiro reconsiderarei duas das principais teorias que foram propostas com o mesmo objetivo, a saber, a sociobiologia e a memética. Em relação primeira, preservarei a ideia de que a origem dos traços culturais reside em uma adaptação biológica. Relativamente segunda teoria, aceitarei que há um sentido, em que os traços culturais são adaptados, que difere do simples "incremento da fitness biológica". O segundo objetivo, estreitamente relacionado com o primeiro, é explicar porque certos fenômenos culturais não biologicamente adaptativos, as mal-adaptações, mantêm-se e, assim, apresentar um esquema interpretativo adaptacionista, mas não genocêntrico, para a compreensão das dinâmicas culturais. A fim de articular minhas teses em uma proposta original, farei uso das ideias de Boyd e Richerson e introduzirei a distinção entre adaptações de primeira e de segunda ordem.

Palabras llave : Adaptacionismo; Sociobiologia; Meme; Variante cultural; Mal-adaptação; Adaptação de segunda ordem.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués