SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número2A função adaptativa da transmissão culturalO progresso do homem brasileiro pelo mecanismo de seleção natural em Miranda Azevedo índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Scientiae Studia

versión impresa ISSN 1678-3166

Resumen

FARIA, Felipe. A revolução darwiniana na paleontologia e a ideia de progresso no processo evolutivo. Sci. stud. [online]. 2012, vol.10, n.2, pp. 297-326. ISSN 1678-3166.  http://dx.doi.org/10.1590/S1678-31662012000200005.

A ideia da existência de uma tendência dos organismos ao progressivo aumento de complexidade da organização corporal já se fazia presente em tempos anteriores ao evolucionismo. Com a aceitação das teorias evolutivas, vários naturalistas, e especialmente aqueles que trabalhavam com fósseis, passaram a defender a ocorrência de tal tendência no processo evolutivo. Essa nova forma de abordar a ideia de progresso na natureza recebeu várias interpretações até o momento do surgimento da síntese evolutiva moderna, que pouco espaço deixou para a existência de outro elemento orientador da evolução, que não fosse aquele proposto por Darwin.

Palabras clave : Progresso; Complexidade; Organização corporal; Evolução; Fósseis.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons