SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número24A retórica procedimental como agente de articulação entre identidade e alteridade.Conversa com Nelson Felix. índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


ARS (São Paulo)

versão impressa ISSN 1678-5320versão On-line ISSN 2178-0447

Resumo

BARRETO, Márcio. Cinema, ciência e percepção. ARS (São Paulo) [online]. 2014, vol.12, n.24, pp.98-115. ISSN 1678-5320.  https://doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2014.96741.

O cinema invoca a questão dos limites da percepção humana, pois modula o tempo em imagens tão reais quanto artificiais, revelando algo mais próximo de uma nova dimensão da realidade do que de sua representação. No início do século XX, a ciência modifica o real percebido através das lentes dos microscópios e das teorias da física moderna; o parentesco entre cinema e ciência está principalmente naquilo que excede o campo perceptivo e é explorado neste artigo para mostrar como a tensão entre o caráter estático da fotografia e a fluidez fugitiva do tempo revela a ciência sem seus estereótipos habituais.

Palavras-chave : ciência; cinema; percepção; modernidade; fotografia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )