SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue5WHAT TOMORROW BRINGS? EXAMINING A MODEL OF ANTECEDENTS OF CAREER EXPECTATIONS author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


RAM. Revista de Administração Mackenzie

On-line version ISSN 1678-6971

Abstract

ALCANTARA, VALDERÍ DE CASTRO; VALADARES, JOSIEL LOPES; MACEDO, ALEX DOS SANTOS  and  CAPPELLE, MÔNICA CARVALHO ALVES. UMA SAÍDA PELA PRÁXIS? REFLEXÕES SOBRE A METÁFORA DA TORRE DE MARFIM E A INDISSOCIABILIDADE ENTRE A TEORIA E A PRÁTICA NOS ESTUDOS ORGANIZACIONAIS. RAM, Rev. Adm. Mackenzie [online]. 2016, vol.17, n.5, pp.15-35. ISSN 1678-6971.  https://doi.org/10.1590/1678-69712016/administracao.v17n5p15-35.

Objetivo:

Por meio da metáfora da Torre de Marfim buscamos discutir e questionar a falsa dicotomia entre a teoria e a prática, além da insuficiente saída pragmática e performática na direção da lógica do mercado para, no fim, problematizar o conceito de práxis como possibilidade mediante abordagens críticas.

Originalidade/lacuna/relevância/implicações:

1. a Torre de Marfim evidencia a existência de uma lacuna na relação teoria e prática; 2. o ensaio é realizado mediante abordagens críticas; 3. a Teoria Crítica representa um potencial para a desconstrução de sentidos atribuídos e socialmente construídos da Torre de Marfim.

Principais aspectos metodológicos:

É um ensaio teórico que explora dialeticamente a metáfora da Torre de Marfim.

Síntese dos principais resultados:

1. a ciência organizacional vinculada à lógica instrumental não abre espaço para a práxis; 2. a Teoria Tradicional não nos possibilita pensar a relação entre teoria e prática mediante a práxis, pois ela se prende na polarização dessas categorias e confere primazia à prática demandando performance e produtividade da teoria; 3. é preciso que a crítica, a partir do uso da metáfora da Torre de Marfim seja feita em prol da práxis, e não em prol da prática entendida apenas como utilidade técnica e instrumental.

Principais considerações/conclusões:

A busca que fazemos é por saídas que afastem as dicotomias que retiram da realidade sua natureza dialética; quanto a torre, temos que (re)construir novos caminhos para entrarmos e sairmos dela em prol da emancipação, na relação permanente e indissociável entre teoria e prática.

Keywords : Práxis; Teoria e prática; Torre de Marfim; Conhecimento; Crítica.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )