SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue3Mechanical properties of dental restorative materials: relative contribution of laboratory testsOne-year clinical evaluation of tooth-colored materials in non-carious cervical lesions author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Journal of Applied Oral Science

Print version ISSN 1678-7757On-line version ISSN 1678-7765

Abstract

BIER, Carlos Alexandre Souza et al. Análise in vivo do selamento do canal protéico com diferentes materais adesivos. J. Appl. Oral Sci. [online]. 2003, vol.11, n.3, pp.168-174. ISSN 1678-7757.  https://doi.org/10.1590/S1678-77572003000300003.

Esse estudo in vivo analisou a capacidade de selamento do canal protético com dois adesivos, o Super Bonder® (Henkel Loctite Adesivos Ltda., Itapevi, SP) e o Scotchbond® Multi-Purpose (3M Dental Products, St. Paul, MN, EUA), testando a hipótese de que a aplicação desses adesivos resulta em menor infiltração de corante no material obturador remanescente. Quarenta dentes pré-molares (80 canais) de cães foram obturados pela técnica da condensação lateral usando o cimento endodôntico Sealer 26®. O canal protético foi preparado removendo-se 2/3 da obturação do canal radicular. Os canais preparados foram distribuídos, aleatoriamente, em três grupos: no grupo A, foi realizado o selamento do canal protético com o adesivo dentinário; no grupo B, esta impermeabilização foi realizada com o Super Bonder®; e no grupo C, controle, não foi aplicado qualquer material às paredes do canal protético. Os dentes foram selados, provisoriamente, com cimento de ionômero de vidro por 72 horas, objetivando a presa do cimento endodôntico. Removido o selamento coronário, os canais ficaram expostos ao meio bucal por 45 dias, quando os cães foram mortos e os maxilares removidos. Tinta nanquim foi colocada no canal protético e os dentes foram selados por 96 horas. Depois de extraídos, os dentes foram seccionados na região da furca e cada raiz alocada em seu respectivo grupo. Feita a diafanização, foi realizada a análise quantitativa da infiltração do corante com lupa esteroscópica. Os resultados mostraram não haver diferenças entre os três grupos experimentais, negando a hipótese inicial. Houve infiltração do corante no remanescente obturador de todas as raízes analisadas.

Keywords : Obturação do canal radicular; Pinos dentários; Adesivos dentinários.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License