SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2MTA e hidróxido de cálcio para proteção pulpar diretaCaracterização físico-química de seis hidroxiapatitas comerciais para aplicações médico-odontológicas como material de enxerto índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Journal of Applied Oral Science

versão impressa ISSN 1678-7757

Resumo

MONDELLI, Rafael Francisco Lia et al. Avaliação da perda de massa e rugosidade superficial de compômeros após teste de abrasão por escovação simulada. J. Appl. Oral Sci. [online]. 2005, vol.13, n.2, pp. 131-135. ISSN 1678-7757.  http://dx.doi.org/10.1590/S1678-77572005000200007.

O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência ao desgaste de compômeros submetidos a um teste escovação simulada. A hipótese nula testada foi que não haveria diferenças em perda de massa e alterações de rugosidade superficial entre os compômeros após o teste. Os materiais empregados foram o Dyract (Dentsply), Dyract AP (Dentsply), Compoglass F (Vivadent), Freedom (SDI), F2000 (3M ESPE), comparados às resinas compostas Z100 (3M ESPE) e Silux Plus (3M ESPE). Para cada material, dez espécimes cilíndricos foram confeccionados com 5 mm de diâmetro e 3 mm de espessura. Para o teste de abrasão, uma máquina com escovas de cerdas macias e uma solução de dentifrício e água deionizada foi utilizada. Foram realizados 100.000 ciclos de escovação simulada. A perda de massa foi verificada através da diferença em porcentagem entre a massa inicial (antes da escovação) e massa final (após a escovação) através de uma balança analítica Sartorius. A alteração de rugosidade superficial foi determinada pela diferença em porcentagem entre as médias de rugosidade inicial e final, após 5 leituras aleatórias por espécime realizado pelo rugosímetro Hommel Tester T 1000 antes e depois do teste de abrasão. A análise estatística (Teste t pareado, ANOVA e Tukey, á=0,05) demonstrou que todos os materiais do estudo apresentaram perda de massa e aumento significante de rugosidade. Todos os compômeros apresentaram maior perda de massa em relação às resinas compostas. Entre os compômeros, Freedom e Dyract AP apresentaram a menor perda de massa. F2000 apresentou a maior alteração de massa sem diferenças estatísticas quando comparado ao Dyract. Quanto à rugosidade superficial, Dyract, Dyract AP, Z100, Compoglass F e Silux Plus se tornaram mais rugosos, porém sem diferenças estatísticas entre si. Freedom apresentou a maior alteração de rugosidade após o teste de escovação simulada.

Palavras-chave : Rugosidade; desgaste; Escovação simulada; Compômeros.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês