SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2MTA e hidróxido de cálcio para proteção pulpar diretaCaracterização físico-química de seis hidroxiapatitas comerciais para aplicações médico-odontológicas como material de enxerto índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Journal of Applied Oral Science

versão impressa ISSN 1678-7757versão On-line ISSN 1678-7765

Resumo

MONDELLI, Rafael Francisco Lia et al. Avaliação da perda de massa e rugosidade superficial de compômeros após teste de abrasão por escovação simulada. J. Appl. Oral Sci. [online]. 2005, vol.13, n.2, pp.131-135. ISSN 1678-7757.  http://dx.doi.org/10.1590/S1678-77572005000200007.

O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência ao desgaste de compômeros submetidos a um teste escovação simulada. A hipótese nula testada foi que não haveria diferenças em perda de massa e alterações de rugosidade superficial entre os compômeros após o teste. Os materiais empregados foram o Dyract (Dentsply), Dyract AP (Dentsply), Compoglass F (Vivadent), Freedom (SDI), F2000 (3M ESPE), comparados às resinas compostas Z100 (3M ESPE) e Silux Plus (3M ESPE). Para cada material, dez espécimes cilíndricos foram confeccionados com 5 mm de diâmetro e 3 mm de espessura. Para o teste de abrasão, uma máquina com escovas de cerdas macias e uma solução de dentifrício e água deionizada foi utilizada. Foram realizados 100.000 ciclos de escovação simulada. A perda de massa foi verificada através da diferença em porcentagem entre a massa inicial (antes da escovação) e massa final (após a escovação) através de uma balança analítica Sartorius. A alteração de rugosidade superficial foi determinada pela diferença em porcentagem entre as médias de rugosidade inicial e final, após 5 leituras aleatórias por espécime realizado pelo rugosímetro Hommel Tester T 1000 antes e depois do teste de abrasão. A análise estatística (Teste t pareado, ANOVA e Tukey, á=0,05) demonstrou que todos os materiais do estudo apresentaram perda de massa e aumento significante de rugosidade. Todos os compômeros apresentaram maior perda de massa em relação às resinas compostas. Entre os compômeros, Freedom e Dyract AP apresentaram a menor perda de massa. F2000 apresentou a maior alteração de massa sem diferenças estatísticas quando comparado ao Dyract. Quanto à rugosidade superficial, Dyract, Dyract AP, Z100, Compoglass F e Silux Plus se tornaram mais rugosos, porém sem diferenças estatísticas entre si. Freedom apresentou a maior alteração de rugosidade após o teste de escovação simulada.

Palavras-chave : Rugosidade; desgaste; Escovação simulada; Compômeros.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons