SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue5Comparative evaluation of antimicrobial action of MTA, calcium hydroxide and Portland cementEvaluation of apical microleakage of teeth sealed with four different root canal sealers author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Journal of Applied Oral Science

Print version ISSN 1678-7757

Abstract

PANZARINI, Sônia Regina; SOUZA, Valdir; HOLLAND, Roberto  and  DEZAN JUNIOR, Eloi. Associação do hidróxido de cálcio e metronidazol no tratamento de dentes de cães com lesão periapical crônica. J. Appl. Oral Sci. [online]. 2006, vol.14, n.5, pp. 334-340. ISSN 1678-7757.  http://dx.doi.org/10.1590/S1678-77572006000500007.

Um dos principais objetivos do tratamento endodôntico de dentes com polpa necrosada é a eliminação máxima possível dos microrganismos presentes no sistema de canal radicular, principalmente nos casos que apresentam lesões periapicais crônicas. OBJETIVO: O presente trabalho teve como objetivo analisar a resposta dos tecidos periapicais de dentes de cães com lesão periapical crônica ao tratamento endodôntico utilizando como curativo de demora o metronidazol, o hidróxido de cálcio e a associação das duas substâncias. METODOLOGIA: Foram empregados 44 canais radiculares de 2 cães adultos, portadores de lesão periapical crônica induzida experimentalmente. Após o preparo biomecânico os dentes foram divididos em quatro grupos experimentais de acordo com o curativo de demora empregado: Grupo I - controle - sem curativo de demora; Grupo II - hidróxido de cálcio; Grupo III - associação de hidróxido de cálcio e metronidazol e Grupo IV - metronidazol. Após 15 dias todos os canais foram obturados com cimento Fill Canal e passados 90 dias os animais foram sacrificados. RESULTADOS: Os dados obtidos evidenciaram que o hidróxido de cálcio apresentou resultado superior aos demais tratamentos, com diferença estatísticamente significante (a = 0.01) e o metronidazol resultado semelhante à associação do hidróxido de cálcio com o metronidazol. Os piores resultados foram obtidos pelo grupo sem curativo de demora. CONCLUSÃO: O uso de metronidazol ou da sua associação com hidróxido de cálcio, não proporcionou melhoras no reparo quando comparado ao curativo de hidróxido de cálcio.

Keywords : Hidróxido de cálcio; Tratamento endodôntico; Metronidazol; Curativo de demora.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English