SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número1Modelagem da transferência de calor de ambientes subterrâneos no programa de simulação EnergyPlusOrientação e mobilidade de usuários com deficiência visual em sistemas de transporte por ônibus e metrô no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ambiente Construído

versão On-line ISSN 1678-8621

Resumo

VIEIRA, Elamara Marama de Araujo et al. Prioridade perceptiva e critérios de satisfação de atributos ambientais em Unidades de Terapia Intensiva. Ambient. constr. [online]. 2019, vol.19, n.1, pp.181-194. ISSN 1678-8621.  http://dx.doi.org/10.1590/s1678-86212019000100300.

O objetivo deste estudo é identificar a prioridade perceptiva e de satisfação quanto aos atributos de conforto ambiental de profissionais adaptados ao clima tropical atuantes em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Para tanto, avaliou-se, por meio de questionários de percepção e satisfação, profissionais de nove UTIs pertencentes à rede pública de saúde e localizados em cidade de clima tropical, além de medidas experimentais do ambiente. Os dados foram tratados por meio do método PROMETHEE e de testes inferenciais de Kruskal-Wallis e Mann-Whitney para identificação da sobreclassificação dos atributos de prioridade. Os resultados indicam que a temperatura do ar é o atributo de maior prioridade entre os profissionais intensivistas adaptados ao clima tropical, sendo a tolerância particularmente ao ruído distinta para diferentes valores de predicted mean vote (PMV). Conclui-se que uma avaliação de conforto ambiental deve considerar os atributos prioritários para os ocupantes, a fim de que a percepção e satisfação do ambiente global seja otimizada.

Palavras-chave : Conforto; Preferência; Profissional da saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )