SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue1Clinical and laboratory characteristics associated with referral of hospitalized elderly to palliative careCriminal liability of medical professionals in the São Paulo State Court of Appeals author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Einstein (São Paulo)

Print version ISSN 1679-4508On-line version ISSN 2317-6385

Abstract

CHADE, Milca Cezar et al. Expressão da proteína survivina em carcinoma ductal in situ de mama de alto e de baixo grau. Einstein (São Paulo) [online]. 2018, vol.16, n.1, eAO4065.  Epub Apr 23, 2018. ISSN 1679-4508.  http://dx.doi.org/10.1590/s1679-45082018ao4065.

Objetivo

Avaliar a imunoexpressão da proteína survivina nos carcinomas ductais in situ de mama de baixo e de alto graus.

Métodos

Fragmentos de tecido mamários obtidos por biópsia incisional e procedimentos cirúrgicos de 37 mulheres acometidas por carcinoma ductal in situ de mama foram subdivididos em dois grupos: Grupo A, formado por mulheres com carcinoma ductal in situ de baixo grau; e Grupo B, por mulheres com carcinoma ductal in situ de alto grau. A pesquisa de expressão da proteína survivina foi realizada pela técnica de imuno-histoquímica, utilizando-se anticorpo monoclonal clone I2C4. O critério de avaliação da imunoexpressão da survivina baseou-se na percentagem de células neoplásicas que apresentava coloração castanho-dourada. Considerouse tal critério positivo quando a percentagem de células apresentasse marcação ≥10%.

Resultados

A proteína survivina apresentou-se expressa em 22 dos 24 casos de carcinoma ductal in situ de alto grau (78%), enquanto no Grupo A, de carcinoma ductal in situ de baixo grau (n=13), apresentou-se positiva em apenas 6 casos (21,40%; p=0,004).

Conclusão

O índice de frequência de expressão da survivina foi significativamente mais elevado no grupo de pacientes com carcinoma ductal in situ de alto grau, quando comparado às do grupo com carcinoma ductal in situ de baixo grau.

Keywords : Proteínas inibidoras de apoptose; Carcinoma intraductal não infiltrante; Biomarcadores tumorais; Proteínas de neoplasias; Neoplasias da mama.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )