SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue1Prevalence of G6PD deficiency and molecular characterization of G202A, A376G and C563T polymorphisms in newborns in Southeastern BrazilStreptococcus mutans detection in saliva and colostrum samples author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Einstein (São Paulo)

Print version ISSN 1679-4508On-line version ISSN 2317-6385

Abstract

COSTA, Rayana de Oliveira et al. Associação entre capacidade respiratória, qualidade de vida e cognição em idosos. Einstein (São Paulo) [online]. 2019, vol.17, n.1, eAO4337.  Epub Jan 31, 2019. ISSN 2317-6385.  https://doi.org/10.31744/einstein_journal/2019ao4337.

Objetivo

Investigar a associação entre capacidade respiratória, qualidade de vida e função cognitiva em idosos.

Métodos

A amostra incluiu 386 idosos (232 mulheres). A capacidade respiratória foi avaliada pela pressão expiratória máxima obtida no pico de fluxo expiratório. Com base nos resultados máximos de fluxo expiratório, os indivíduos foram classificados de acordo com o valor previsto para sexo, idade e estatura em capacidade respiratória normal (curva de fluxo expiratório de pico inferior a 80% e superior a 60%) ou capacidade respiratória reduzida (curva de fluxo expiratório de pico menor que 60%). O questionário World Health Organization Quality of Life e o Miniexame do Estado Mental foram utilizados para avaliar a qualidade de vida e a função cognitiva, respectivamente.

Resultados

Em comparação com mulheres idosas com capacidade respiratória normal, as pessoas com capacidade respiratória reduzida apresentaram escores mais baixos para o Miniexame do Estado Mental (p=0,048) e qualidade de vida (p=0,040). Nos homens, não foram observadas diferenças (p>0,05).

Conclusão

Capacidade respiratória reduzida foi associada à pior qualidade de vida e à função cognitiva em mulheres idosas. Essas associações não foram observadas em idosos do sexo masculino.

Keywords : Idoso; Qualidade de vida; Cognição; Ventilação voluntária máxima.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )