SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue2Left ventricular noncompaction in a Para athleteImmunosenescence: participation of T lymphocytes and myeloid-derived suppressor cells in aging-related immune response changes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Einstein (São Paulo)

Print version ISSN 1679-4508On-line version ISSN 2317-6385

Abstract

ANDRADE, Sérgio Araújo et al. Papiloma escamoso oral: uma visão sob aspectos clínicos, de fluorescência e histopatológicos. Einstein (São Paulo) [online]. 2019, vol.17, n.2, eRC4624.  Epub May 09, 2019. ISSN 1679-4508.  http://dx.doi.org/10.31744/einstein_journal/2019rc4624.

O papiloma escamoso oral é um tumor benigno, cuja patogênese tem sido associada à infecção pelo papilomavírus humano. A infecção pelo papilomavírus humano é um dos fatores de risco associado ao desenvolvimento dos carcinomas cervicais, anogenitais, faríngeos, laríngeos e da cavidade oral. O papiloma escamoso oral pode acometer qualquer região da cavidade oral, e a transmissão do papilomavírus humano ocorre por contato direto, relação sexual ou de mãe para filho durante o parto. O diagnóstico é clínico e histopatológico, e a remoção cirúrgica representa o tratamento de escolha. Recentemente, a fluorescência óptica de campo amplo tem sido empregada como exame complementar ao exame clínico convencional, no rastreio de lesões patológicas orais e para delimitação de margens cirúrgicas. Relatamos um caso de papiloma escamoso oral com suas características clínicas e histopatológicas, sob a perspectiva da fluorescência óptica de campo amplo.

Keywords : Papiloma/patologia; Papiloma/diagnóstico; Papillomaviridae; Patologia bucal; Fluorescência.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )